domingo, 31 de agosto de 2014

Mundial de Basquete - Brasil x França



Salve Salve Nerds!




Ontem, começou o Mundial de Basquete, ou Copa do Mundo de Basquete que está sendo realizada na Espanha. O Brasil estreou contra a atual campeã europeia, a França, em jogo disputado. No primeiro quarto, a seleção brasileira teve dificuldades e pouco entrou no garrafão francês, marcando 3 pontos em 5 minutos, enquanto os franceses fizeram 12. A marcação brasileira melhorou, com Leandrinho marcando individualmente o destaque francês Batum, além de Diaw, outro grande nome estar no banco. Final de quarto 18 a 11. No segundo quarto a defesa se manteve forte e o ataque enfim trabalhou com mais espaço, tanto que o quadro se inverteu com a França marcando apenas 8 pontos e o Brasil 17. Destaques para Raulzinho, com 7 pontos e cestinha do primeiro tempo e Leandrinho com 6. 
No terceiro quarto, Raulzinho continuou distribuindo bem o jogo como armador, servindo Tiago Splitter na frente. A dupla Diaw e Batum voltou ao jogo e começou a incomodar mais a defesa brasileira. No final do quarto, Splitter acabou saindo por sentir a panturrilha, para Nenê entrar e atrair mais a marcação. O grande problema desta seleção continua sendo os lances livres, já que o aproveitamento é de 65%, muito baixo. Final de quarto 46 a 41. O último quarto foi o mais tenso, pois quando parecia que o Brasil tinha o controle da partida, os franceses acordaram e encostaram no placar. Boris Diaw marcou 5 pontos no começo, mas foram ofuscados por 2 cestas de 3 brasileiras, segurando o Brasil na frente. O destaque francês seguia marcando, mas Marcelinho Huertas caprichou nos 3 pontos e a seleção seguiu, mesmo no sufoco, a frente no placar. No fim, cesta de 3 para os franceses para reduzir a diferença em 1 ponto. restando 1 segundo, Marquinhos converteu um lance livre e ampliou a diferença para 2 pontos. No último lance, bloqueio brasileiro para o último arremesso francês. Final 65 a 63 e bom começo de mundial para o Brasil, que hoje enfrenta o Irã. 


Se você quer acompanhar o Mundial de Basquete no Twitter recomendamos seguir a FIBA, Federação Internacional de Basquete, que está trazendo uma novidade, basta tuitar "@FIBA fiba scores" que eles tuítam de volta para você e passam os resultados das partidas do dia, se terminaram, vão acontecer ou estão acontecendo, conforme a imagem abaixo:




Até mais!

UFC 177



Salve Salve Nerds!

Estou aqui mais uma semana para comentar o UFC. Desta vez as lutas mais importantes do UFC 177, que ocorreu em Sacramento na Califórnia. Lar das motocicletas Harley Davidson, que aliás todos os lutadores que venceram suas lutas ganharam uma moto top de linha.



O UFC 177 inicialmente teria a revanche de Renan Barão contra T. J. Dillashaw, mas devido a complicações no corte de peso o brasileiro não pôde lutar e os organizadores do evento escalaram Joe Soto de ultima hora.

Peso-galo: TJ Dillashaw venceu Joe Soto por nocaute aos 2m20s do R5


Dillashaw só tinha a perder com essa luta, se tomasse um calor de um estreante seria algo bem ruim, perder então nem se fala. Soto por outro lado se não perdesse no primeiro round já faria algo bom. O que aconteceu na luta somente engrandeceu Soto, sem diminuir Dillashaw.
A luta transcreveu quase o tempo todo com Dillashaw batendo e saindo numa velocidade muito alta o tempo todo e Soto aplicava jabs, mas sem muita contundência. A velocidade de Dillashaw foi realmente a grande arma do campeão.
Dillashaw em vários momentos lutou com uma postura um pouco arrogante, se exibindo ao invés de lutar e dar o devido respeito a Joe Soto.
Com o chefão do UFC afirmando que Barão deverá fazer mais uma luta antes de pensar em cinturão o caminho de Raphael Assunção a disputa de título fica um pouco mais próximo. Mas sem esquecer que Dominick Cruz era campeão, ainda não perdeu uma luta no UFC e vem vindo com a sua maravilhosa movimentação aí. Dominick talvez junto com Barão sejam os nomes que realmente vão levar perigo ao atual campeão.

Peso-leve: Tony Ferguson venceu Danny Castillo por decisão dividida



Danny Castilho mostrou como não lutar boxe, socando o vento mais forte do que qualquer um na noite. Ferguson teve sua luta ganha na visão de quedas, dominância de posição e bons golpes aplicados aliados com boa movimentação.
Os dois primeiros rounds foram um pouco mais favoráveis a Ferguson e o último round teve uma boa dominância de Castilho, aplicando uma boa queda e mantendo boas tentativas de finalização, mas não foi possível sair com a vitória. No fim o segundo round foi o que definiu o vencedor, um round parelho que poderia ter ido para qualquer lado, na minha opinião foi corretamente para Ferguson. 

Peso-galo: Bethe Correia venceu Shayna Baszler por nocaute técnico a 1m56s do R2



O início da luta se transcreveu da única maneira que Shayna poderia causar algum dano a Bethe, obrigando a brasileira a lutar no clinch e no trabalho de guarda por cima. Shayna até conseguiu aplicar este jogo na maioria do round, mas já sentiu a mão de Bethe
Se o segundo round continuasse até o fim se tornaria um 10-8 claro para a brasileira, visto que ela dominou desde o começo do round, aplicando bons golpes na cabeça e no corpo, até a parada de Big John McCarthy.
Ao fim da luta Bethe desafiou a campeã invicta do UFC, Ronda Rousey, dizendo que a única invicta seria ela. Ainda é cedo para falar em cinturão para Bethe, mas ela já se configura como um dos próximos nomes da categoria.

Peso-leve: Carlos Diego Ferreira venceu Ramsey Nijem por nocaute técnico a 1m53s do R2


Carlos teve uma grande dificuldade de impor seu jogo, visto que Nijem aplicou uma movimentação que impediu uma maior aproximação do brasileiro, aplicando chutes na perna e no corpo durante todo o primeiro round.
No segundo round a luta se encaminhou para o fim. Com um comecinho de round parecido com o primeiro o brasileiro teve um excelente trabalho de guarda por baixo, forçando Nijem a levantar e tentar abrir caminho para um soco e tomou um contra golpe de Carlos necessário para nocautear o adversário. 

Outro resultados do card:
Peso-leve: Yancy Medeiros venceu Damon Jackson por finalização (guilhotina invertida) a 1m54s do R2
Peso-médio: Derek Brunson venceu Lorenz Larkin por decisão unânime
Peso-pesado: Anthony Hamilton venceu Ruan Potts por nocaute técnico aos do R2
Peso-leve: Chris Wade venceu Cain Carrizosa por finalização (guilhotina) a 1m12s do R1


Até mais!

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

As Copas



Salve Salve Nerds!

Infelizmente não tivemos tempo suficiente para produzir um post no estilo dos que fazemos nas sextas depois da Copa do Brasil e Sul-Americana. Portanto, aí vai um resumo mais do que rápido sobre os detalhes e como sempre os gols abaixo:


Na quarta-feira, o Corinthians visitou o Bragantino, porém não conseguiu jogar bem e de quebra levou um golaço de fora da área, marcado por Sandro. Final 1 a 0 e volta em Itaquera. Comemorando o seu centenário, o Palmeiras fez jogo equilibrado com o Atlético Mineiro, porém perdeu pênalti com Henrique e levou gol na segunda etapa, marcado por Luan. Já na Arena das Dunas, o América de Natal jogou contra o Atlético Paranaense. Mostrando a boa fase da equipe, o time potiguar aplicou um chocolate nos paranaenses, gols de Rodrigo Pimpão, Max e Thiago Cristian. Quem também fez 3 a 0 foi o Coritiba, que recebeu o embalado Flamengo, mas dominou a partida e fez gols com Leandro Almeida, Luiz Antônio contra e Zé Love de pênalti. Em casa, o Vasco bobeou e apenas empatou com o ABC de Natal, gols de João Paulo para o time de Natal e Kléber para os vascaínos. Na goleada da rodada, o Cruzeiro não tomou conhecimento do Santa Rita e fez um incrível 5 a 0, dois gols anotados por Marcelo Moreno e um de Dedé, Júlio Baptista e Henrique. No Maracanã, o Botafogo bobeou e perdeu para o Ceará, que fez seus 2 gols com Eduardo e Bill, mas levou um de Edílson. Em jogo marcado por atos sem noção por parte de alguns torcedores do Grêmio, que cometeram racismo contra o goleiro do Santos, Aranha, o time da baixada venceu por 2 a 0, gols de David Braz e Robinho.


Falando em Copa Sul-Americana, o Fluminense estrou com seu time ausente de alguns titulares, mas venceu com dois gols de Edson. No final, na bacia das almas, o Goiás reviveu na competição com gol de Erik. Em terrível fase, ao menos nos mata-matas, o Internacional perdeu em casa para o Bahia, gols de Lucas Fonseca e Diego Macedo. Na Ilha do Retiro, o Vitória surpreendeu o Sport e venceu os pernambucanos por 1 a 0, gol de Marcinho. No melhor jogo da rodada na competição, o Criciúma Dortmund venceu o São Paulo por 2 a 1, gols de Silvinho, empate de Pato e virada de Lucca. Destaque para Paulo Baier, com um corta luz no primeiro gol e assistência no segundo.
Confira os gols das duas competições no Gols da Zueira:





Até mais!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

GT Legends



Salve Salve Nerds!




Hoje trazemos mais um jogo não tão conhecido do público em geral, é o GT Legends, que traz uma ideia recente de resgatar o passado do automobilismo nos videogames, mesmo tendo sido lançado em 2005 pela Simbin. É um jogo de corrida para PC com carros de turismo, porém apenas carros que correram nos anos 60 e 70. É talvez a época de ouro do automobilismo, onde se corria colocando a vida em risco e pouco se ganhava em troca exceto a diversão e o prazer de pilotar os melhores carros. Apesar de vir de uma produtora não tão conhecida é um jogo muito bem feito, com gráficos adequados, uma jogabilidade e interface parecidas com o Gran Turismo, que é o grande jogo do ramo. Detalhes como o interior dos carros, os movimentos do piloto trocando marchas e virando o volante são de chamar a atenção em uma época em que não se prezava tanto por essa qualidade.
O jogo conta com vários clássicos da categoria, de marcas como Ferrari, Porsche, Jaguar, Mercedes, etc. A lista completa de carros está abaixo:

Abarth 1000TC
AC Cobra
Alfa Romeo GTA
Austin Healey 3000
Austin Mini Cooper S
BMW CSL
Chevrolet Corvette
De Tomaso Pantera
Ferrari 275 GTB/C
Ford Capri RS
Ford Escort RS
Ford Falcon
Ford GT40
Ford Mustang
Jaguar E-Type
Jaguar MK 2
Lotus Cortina
Lotus Elan 26R
Lotus Elite
Mercedes 300SL
Porsche 906
Porsche 911RSR
Porsche 914-6
Renault Alpine A110
Shelby Daytona Coupe
TVR Griffith 400

GT Legends também conta com várias pistas conhecidas, como Spa-Francorchamps, Nurburgring, Hockenheim e Monza. Também abaixo a lista com os circuitos contemplados no jogo:

Anderstorp
Dijon-Prenois
Donington
Hockenheim
Imola
Magny-Cours
Mondello Park
Monza
Nürburgring
Spa-Francorchamps
Zolder

Como opções, GT Legends conta com 5 dificuldades diferentes, do amador até a simulação quase real. O modo principal do jogo é o modo carreira, ao qual você vai ganhando dinheiro conforme vence as provas e campeonatos, para poder comprar carros melhores e evoluir. Diferente de alguns jogos menores, este conseguiu as licenças para os nomes das marcas com a FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Era possível também jogar online, com corridas de até 15 participantes.
Confira no gameplay abaixo como era GT Legends:



Não deixe de compartilhar este e outros posts do Nerd Esporte, isso nos ajuda muito na divulgação do nosso trabalho e faz o blog cada vez melhor. Obrigado!


Até mais!

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Ice Bucket Challenge



Salve Salve Nerds!



Não, não fomos desafiados, mas viemos aqui para falar das origens do Ice Bucket Challenge. Para você que não ouviu falar deste desafio, bem difícil não ter ouvido, ele surgiu para apoiar instituições que pesquisam a cura para a Esclerose Lateral Amiotrófica, uma doença degenerativa que vai tirando os movimentos e funções do corpo. Um famoso e conhecido cientista com esta doença é Stephen Hawking. Com um balde de água e gelo que jogava sobre si, a pessoa evitava, nos Estados Unidos, pagar 100 dólares e enviava uma doação menor para alguma instituição que apoia a ELA.
Mas, de onde isso tudo começou? Porque esta doença?
Nos Estados Unidos, um jovem jogador de Baseball seguia sua vida normalmente, até receber a trágica notícia de que tinha esta tão devastadora doença. Ao invés de apenas se lamentar e ficar esperando o pior, ele resolveu lutar e tentar batalhar por uma cura para todos que tem Esclerose Lateral Amiotrófica. Confira AQUI o vídeo em português e abaixo em inglês:




Se você puder fazer a sua doação para alguma entidade, no Brasil há instituições que arrecadam fundos em prol da ELA, então fica a opção e a lembrança de que não é somente um balde de gelo com água ou uma aposta qualquer.


Até mais!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Vídeos da Semana




Salve Salve Nerds!

Voltamos nesta terça-feira para falar dos principais vídeos esportivos que encontramos nestes dias, com destaque para o automobilismo. Para começar, vamos falar de sorte, ou azar, vai que você é supersticioso. No jogo entre Barcelona e Elche, um gato preto resolveu aparecer em campo e dar trabalho a todos para ser retirado:




Na GP3, uma das categorias de base da Fórmula 1, corrida em Spa que conseguiu ser bem maluca. Já na largada, o pole position ficou em posição errada no grid, como mostra a imagem abaixo.


Depois dessa façanha, outros dois acontecimentos mais estranhos ainda. O piloto russo Konstantin Tereshchenko escapou da pista e ao passar pela chicane simplesmente levantou voo, parecia até que estava sendo puxado por algum guincho invisível (não, não é nenhuma teoria da conspiração). Confira:



Para fechar, na última volta, o piloto vinha para vencer, quando de repente.... a bandeira quadriculada não apareceu! Depois dessa trapalhada, a corrida teve mais uma volta e terminou em bandeira vermelha, que determina as posições dos pilotos segundo a volta anterior, ou a volta que deveria ter sido a final. Confira a imagem, pois infelizmente não encontramos o vídeo para mostrar a lambança:


Falando em Spa-Francorchamps, lembramos da famosa curva, a Eau Rouge, que desafia pilotos pela velocidade com que chegam nela e o esforço para manter o carro sem escapar. Para recordar, selecionaram as passagens de pilotos da Fórmula 1 por ela de 1991 a 2013, mostrando algumas mudanças que a curva recebeu e claramente como os carros mudaram. Veja no replay:


Neste ano, a câmera térmica foi introduzida nas transmissões da Fórmula 1, para mostrar principalmente o aquecimento dos pneus e escapamentos dos carros. No vídeo abaixo temos um uso mais interessante da câmera térmica, mostrando além dos pneus o traçado do carro que aqueceu a pista e outras partes que também se aquecem quando você resolve dar zerinhos. 




Até mais!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve Nerds!

Está no ar o meu, o seu, o dele, o dela, o daquele, o daquela, o nosso Combo de Final de Semana!!!!
Nosso estagiário foi demitido depois desta frase terrível de abertura

Começamos os trabalhos com os motores roncando. No tradicional e rápido circuito de Spa-Francorchamps, a briga entre Rosberg e Hamilton foi forte, com consequências para os dois. Diante desse confronto quem se deu bem foi Daniel Ricciardo, que tomou a ponta e segurou até o final para vencer pela terceira vez no ano, a segunda seguida. Em segundo ficou Rosberg e terceiro Bottas. Felipe Massa teve problemas depois que um pedaço do pneu de Lewis Hamilton ficou debaixo do assoalho do seu carro, tirando o rendimento do brasileiro por metade da corrida. Assim ele terminou em décimo terceiro. Confira todos os detalhes desta corrida bem movimentada, principalmente no confronto de campeões mundiais, na Colúnia Esportiva.





Seguimos para o octógono, onde neste final de semana houveram dois eventos do UFC, o Fight Night 48 e o 49. No 48 a luta principal foi entre Michael Bisping e Cung Le, que acabou sofrendo diante do bom Bisping, que dominou com golpes mais contundentes e nocauteou o vietnamita no quarto round da luta. Já no evento seguinte, o 49, o combate esperado era entre Ben Henderson e o brasileiro Rafael dos Anjos. O brasileiro surpreendeu a todos e venceu o favorito Henderson, com golpes mais contundentes e que geraram mais pontos. Mais detalhes destas duas lutas e das outras que houveram nos dois eventos você confere AQUI.



Agora vamos com o final do Grand Prix de Vôlei Feminino, com o Brasil precisando vencer o Japão por 3 sets a 0 ou 3 a 1 para ser campeão. Diferente de outros jogos contra grandes seleções, a nossa seleção não teve tantas dificuldades para vencer as japonesas e garantir o décimo título do Grand Prix para o Brasil por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/18 e 27/25. Maiores detalhes do jogo AQUI.


Vamos agora com o Campeonato Brasileiro, que na décima sétima rodada já tem o seu campeão do turno. Ainda no sábado, nos primeiros jogos, o Botafogo recebeu a Chapecoense no Maracanã. E o destaque ficou para o golaço de Ramirez, que mandou colocado onde a coruja dorme. Final 1 a 0 fogão.
No Independência, o Atlético Mineiro recebeu o Internacional, que queria encostar no Cruzeiro pela liderança. A partida foi equilibrada, com direito a gol perdido por Rafael Moura. E quem não faz leva, ou quase isso, então Diego Tardelli aproveitou bom passe de Luan para marcar, 1 a 0 galo.
Só 1 a 0 no sábado, então não poderia ser diferente entre Palmeiras e Coritiba. No jogo dos desesperados, o porco teve mais calma, enquanto o coxa teve Leandro Almeida expulso ainda na primeira etapa. Por incrível que pareça, o time paranaense melhorou e ameaçou o Palmeiras com boas chances de gol depois da expulsão. Porém, quem marcou foi o time palestrino, que ainda na primeira etapa fez o 1 a 0 salvador com Juninho.
No domingo, em Santa Catarina, o Criciúma recebeu o Flamengo em outra partida de 6 pontos contra o rebaixamento. E mesmo com Paulo Baier em campo, o tigre não conseguiu resistir a incrível fase do Flamengo, que conquistou sua quarta vitória seguida com gols de Mugni, em pênalti duvidoso e Eduardo da Silva. O croata-brasileiro inclusive tem 3 gols em 3 jogos pela equipe carioca.
No clássico paulista da rodada o São Paulo recebeu o Santos. Com um time mais equilibrado, o tricolor foi melhor que o peixe durante quase toda a partida, abrindo o placar em golaço de Ganso, que recebeu, girou com a bola no ar e chutou preciso, alto, 1 a 0. Com o gol o São Paulo administrava o resultado, até pênalti sofrido pelo Santos e gol de Gabriel, o Gabigol, que comemorou tirando a camisa, ganhou cartão amarelo e foi suspenso por 3 cartões. Quando o jogo parecia resolvido, confusão na área, a bola sobrou para Pato tentar duas vezes até marcar, 2 a 1.
Em partida pouco produtiva e com lances raros de perigo, o Figueirense visitou o Vitória e venceu com gol de Everaldo, 1 a 0. Com o resultado, o Vitória caiu para o último lugar do campeonato.
Na sua arena, o Grêmio recebeu o Corinthians. O primeiro tempo não teve lances empolgantes, mas o Corinthians conseguia ter mais posse de bola e controlava o jogo. Já na segunda etapa, um apagão corintiano, que resultou em dois gols de Barcos, o pirata que estava perdido. O timão ainda diminuiu com Guerrero, que depois foi expulso em confusão. Final 2 a 1.
No Maracanã, a goleada da rodada. O Fluminense jogou eficiente, com Conca e Cícero além de apoiarem as jogadas marcarem um gol cada. Fred, que estava em má fase desde a Copa do Mundo, marcou os outros dois e se redimiu com a torcida. Final 4 a 0 no Sport.
No jogo sonolento e terrível da rodada, o Atlético Paranaense empatou com o Bahia em zero a zero. Já na partida que valeu a taça do primeiro turno, o Cruzeiro visitou o Goiás no Serra Dourada. Não tão inspirado, o time celeste e líder marcou com Marcelo Moreno no primeiro tempo e depois se acomodou. Isso quase custou caro, já que David, aos 49 minutos da segunda etapa cobrou pênalti e perdeu.
Fique com os gols da rodada no Gols da Zueira:




Até mais!

domingo, 24 de agosto de 2014

UFC Fight Night 48 e 49



Salve Salve Nerds!

Estou aqui depois de um bom tempo de pausa dos bons eventos do UFC. Nesse fim de semana ocorreram dois eventos, UFC Fight Night 48 Bisping vs. Le, realizado em Macau na China. O segundo foi o UFC Fight Night 49 Henderson vs. Dos Anjos.

UFC Fight Night 48- Bisping vs. Le



Peso-Médio: Michael Bisping venceu Cung Le por Nocaute aos 57 segundos do quarto round:



Bisping chegou nesta luta com a fama de ter “mãos de pena”, sempre utilizando seu Muay Thay mais volumoso que contundente. Le por sua vez sempre teve a aura de ser um chutador nato, com chutes altos e fortes sempre vindo nos momentos mais inesperados possíveis.
O que se viu nesta luta foi o inverso do prognóstico, Bisping conseguiu ser contundente e Le apenas tomava porrada, esboçando poucos momentos de reação.
No fim Cung Le já estava exaurido e Bisping se aproveitou disso, utilizando sua combinação de golpes na cabeça e no corpo até conseguir uma joelhada que mandou o vietnamita para a lona com os olhos fechados de tanta porrada.

Peso-Meio-Médio: Tyron Woodley venceu Dong Hyun Kim por nocaute aos 1m01s  do primeiro round:



Woodley e Kim entraram no cage com a expectativa de uma luta dura, mas o coreano achou que surpreenderia mais uma vez o adversário com golpes rodados.
Na primeira tentativa de cotovelada rodada de Kim, Woodley soltou um duro soco que derrubou o adversário e acabou com a luta em um potente ground and pound.
Woodley tenta se recompor depois de uma derrota um pouco estranha para Rory McDonald, se frustrando muito e ficando um pouco abatido.

UFC Fight Night 49 - Henderson vs. Dos Anjos



Peso-leve: Rafael dos Anjos venceu Ben Henderson por nocaute técnico aos 2m31s do 1º round:


Sensacional, foi isso que eu pensei quando vi a luta. Rafael chegou na luta para manter o seu kickboxe em cima, deixando Henderson com apenas uma opção: atacar e dominar a luta, para não sair na mão com pouca cabeça.
Rafael não deixou nenhum golpe passar em branco, Henderson atacava e Rafael devolvia. Até o momento que entrou uma bela joelhada voadora e bons golpes que entraram, mas um belo soco de esquerda derrubou Henderson e o árbitro interrompeu, gerando um pouco de polêmica por ser muito cedo.
Rafael se configura como um grande desafiante e um dos próximos adversários seria Eddie Alvarez, se ele vencer Donald Cerrone. Henderson por outro lado tem que apenas pensar na próxima luta, porque para mim ele ainda continua sendo o maior desafio antes do cinturão dos leves.


Peso-meio-médio: Jordan Mein venceu Mike Pyle por nocaute técnico a 1m12s do primeiro round:



Mike Pyle entrou na luta com uma meta bem clara, derruba o adversário e manter a luta no chão, mas Jordan Mein anulou todas as tentativas de queda do adversário e investiu na trocação, o que levou ao fim da luta. Ao fintar uma investida Mein entrou com três golpes, o último pegou em cheio e apagou o adversário, declarando o fim do combate e a vitória de Jordan Mein.
Fato curioso, no dia antes da luta o  pai de Jordan Mein foi preso no hotel da pesagem, acusado de abuso sexual por uma camareira.

Peso-médio: Thales Leites venceu Francis Carmont por nocaute, aos 20s do segundo round:



Francis Carmont entrou na luta esperando que a maior qualidade de Thales fosse o jiu-jitsu, mantendo a luta sempre em pé e negando as quedas e mantendo na trocação, que seria teoricamente o território mais favorável e foi no primeiro round. Carmont manteve a luta em controle com chutes baixos e controlando a distancia.
No intervalo os treinadores de Thales pediram que ele derrubasse e mantivesse a luta no chão, mas ele chegou na frente do adversário e aplicou a trocação, surpreendendo Carmont e aplicando um belo nocaute.
É possível que Thales ascenda no ranking dos pesos-médios até próximo do top 10. Carmont por sua vez teve a luz amarela acesa depois de três derrotas consecutivas.


Até mais!

Colúnia Esportiva 47 - Spa-Ricciardochamps



Salve Salve Nerds!


Fórmula 1 de volta das férias e logo em Spa-Francorchamps, um dos maiores circuitos em extensão e em importância. Na qualificação pista molhada, mas sem chuva presente. No entanto, os pneus de chuva pesada e intermediários apareceram. No Q1, domínio da Mercedes, seguida pelas Williams. Ficaram de fora Hulkenberg, Maldonado, rodando na pista, Chilton, Ericsson, Lotterer e Gutierrez. Bianchi foi bem e passou ao Q2. Na segunda parte, novamente Mercedes na frente, com Red Bull melhorando. Deixaram a classificação Kvyat, Vergne, Pérez, Sutil, Grosjean e Bianchi. Já na briga pela pole position, o Q3, Rosberg foi melhor que Hamilton e ficou com a pole position, deixando o segundo lugar para o companheiro de equipe. Em terceiro Vettel, quarto Alonso, quinto Ricciardo, sexto Bottas, sétimo Magnussen, oitavo Raikkonen, nono Massa, muito mal, décimo Button.





Antes da largada, Alonso teve problemas para o carro ligar, mas acabou se recuperando antes de ser passado por todos. Já no apagar das luzes, Hamilton manteve a ponta, com Vettel assumindo o segundo lugar, porém errando na curva e caindo para terceiro. Terceiro Vettel, quarto Alonso e quinto Ricciardo. Na segunda volta, briga entre Rosberg e Hamilton, o alemão acabou errando e bateu com a asa no pneu do inglês, que furou. A asa de Rosberg acabou quebrando no lado. Na quarta volta, Ricciardo se recuperou e passou Alonso, assumindo o terceiro lugar. Bottas, voando na pista e em quinto, já vinha encostando em Alonso. Ricciardo, muito bem, deixou para trás o companheiro de equipe Vettel. Bottas enfim passou Alonso, conseguindo o quarto lugar. 
Já na volta 8, Rosber foi para os pits trocar pneus e a asa dianteira que estava quebrada. Raikkonen também aproveitou para trocar seus compostos. Na décima volta, Massa foi para os boxes diante de um carro que rendia muito pouco e que gastou os pneus rápido. Não era o dia da Mercedes, tanto que um fio de alguma coisa ficou preso na antena do carro de Rosberg, atrapalhando um pouco a sua visão. Na volta 14, liderança de Ricciardo, seguido por Raikkonen, Vettel, Rosberg e Bottas. Rosberg, tentando no tudo ou nada, foi pra cima de Vettel. Na freada, o alemão errou e freou muito. Na sequência, Bottas aproveitou a falha de Rosberg e conseguiu ultrapassá-lo na reta seguinte. Bottas se empolgou com a ultrapassagem e foi pra cima de Vettel. Na vigésima volta, Rosberg parou de novo reclamando de trepidações no carro. Bom princípio de briga entre Magnussen, Alonso, Button, Rosberg e Raikkonen. Magnussen parou e Rosberg passou Button. Raikkonen, na raça, passou Button e ficou com o quinto posto. Rosberg colocou de lado o carro e passou Alonso. Vettel também chegou na briga e já ameaçou Button. Vettel colocou de lado e passou Button também. Fernando Alonso enfim foi para os boxes em sua segunda parada. 
Rosberg recebeu o recado da equipe para acelerar depois que Bottas parasse, tentando ameaçar o líder Ricciardo, mais de 20 segundos a frente.
E foi descoberto o motivo para Massa andar tão lento no começo da corrida. Um pedaço de pneu havia grudado no assoalho do carro, limitando o rendimento do carro do brasileiro. É muita falta de sorte. Com as paradas, Ricciardo voltou 3 segundos a frente de Rosberg, provavelmente sem mais pit stops dos líderes. Bottas, com pneus novos, foi pra cima de Vettel, brigando pelo quarto lugar. Mesmo por fora, Bottas arriscou e conseguiu ultrapassar Vettel. Restando 12 voltas, a diferença entre Ricciardo e Rosberg era de 3.5 segundos. Na última tentativa de ficar no pódio, Bottas vinha acelerando para encostar em Raikkonen. Restando 9 voltas, Rosberg parou novamente e tentou passar Bottas, mas o finlandês segurou. Depois de tentar bastante, Rosberg passou Bottas e foi pra cima de Raikkonen. Ultrapassou sobrando. Assim, se Ricciardo parasse ele dificilmente conseguiria se recuperar. Caso não pare, também corre risco, pois os pneus não estavam tão inteiros assim. Bottas, mais rápido, remou várias voltas para chegar em Raikkonen e ultrapassando o compatriota. Assim, Bottas conseguiu o seu terceiro pódio no ano, contra nenhum de Felipe Massa. 
Restando 3 voltas, 8 segundos separavam Ricciardo de Rosberg. Espetacular briga do quinto ao oitavo, Magnussen, Button, Alonso e Vettel. Alonso conseguiu passar Button, que também perdeu posição para Vettel. Alonso tentou por todos os jeitos possíveis, mas Magnussen deu um chega pra lá no espanhol, que escapou e perdeu posição para Vettel. Na raça Vettel conseguiu passar Magnussen, que seguiu tentando se recuperar. Alonso ainda perdeu posição para Button em outra grande briga. Final de prova! Vence Daniel Ricciardo pela terceira vez no ano, a segunda seguida! Segundo posto para Rosberg, terceiro Bottas incrivelmente, quarto Raikkonen também excelente. Quinto Vettel, o vencedor da briga no final. Sexto Magnussen, sétimo Button, oitavo Alonso, o perdedor da briga, nono Perez e décimo Kvyat. Com o resultado, Rosberg abriu 29 pontos para Hamilton, que nem terminou a corrida. Próxima prova em outro clássico circuito, Monza.



Até mais!

sábado, 23 de agosto de 2014

Gols da Semana



Salve Salve Nerds!




E está de volta este que era um post habitual do sábado aqui no Nerd Esporte. Com a temporada europeia de volta, os gols mais bonitos, selecionados pela TV Golo, voltaram. Logicamente temos gols bonitos em todo o mundo, porém o canal ficou parado com o recesso europeu e da Copa do Mundo. Sem mais delongas, fique com os gols mais bonitos:


Não deixe de compartilhar este e outros posts do Nerd Esporte, isso nos ajuda muito na divulgação do nosso trabalho e faz o blog cada vez melhor. Obrigado!

Até mais!

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Brasileirão 2014 - Rodada 16



Salve Salve Nerds!

Nesta sexta-feira de alegrias pelo final de semana, voltamos a falar de Campeonato Brasileiro, em sua décima sexta rodada. Vamos para o relato de como foram os 10 jogos da rodada:



Na Arena Pernambuco, o Sport tentava voltar a vencer depois de 3 jogos e o Palmeiras quebrar o jejum que vem desde antes da Copa do Mundo. O verdão começou melhor e logo aos 13 minutos fez o gol com Henrique. Mas, quando a fase é ruim, nada ajuda. Em tentativa de afastar a bola da área no cruzamento, o goleiro Fábio falhou miseravelmente e rebateu a bola para dentro do próprio gol, 1 a 1. Na segunda etapa, Patric fez o gol da virada do leão, 2 a 1 e Palmeiras em último lugar.
Na Vila Belmiro, o Santos recebeu o Atlético Paranaense. O goleiro Weverton vinha salvando o time paranaense de tomar gols, no entanto não era o dia do Atlético, que viu dois jogadores bem contestados, Leandro Damião e Thiago Ribeiro, marcarem e darem uma importante vitória ao Santos. Final 2 a 0. 
Em Florianópolis, o Figueirense surpreendeu o Botafogo e logo com 2 minutos de jogo Clayton marcou. Destaque também para a atuação do goleiro Tiago Volpi que salvou o time catarinense de um resultado negativo. 
No jogo péssimo, de doer os olhos, de dar sono, horrível da rodada, o Bahia empatou em 0 a 0 com o Criciúma Dortmund. Já no Paraná, o Coritiba recebeu o Vitória no confronto do desespero. E depois de 16 rodadas, o coxa enfim ganhou em casa, com gols de Dudu aos 17 da primeira etapa e Keirrison, o K9, aos 17 da segunda etapa. Mesmo com a vitória, o Coritiba se mantém no Z-4, junto aos baianos.
No maior estádio do mundo, o Maracanã, o Flamengo recebeu o Atlético Mineiro. E o galo começou bem, com gol de um carrasco do Flamengo, Maicosuel, que marcou e relembrou os tempos de Botafogo contra o rival. Jogando aberto, o rubro negro não conseguia segurar os contra golpes adversários e não se organizava para atacar. Apenas na segunda etapa o time acordou, quando Eduardo da Silva sofreu pênalti infantilíssimo de Pedro Botelho. Léo Moura cobrou e empatou, com ajuda de Victor. Seis minutos depois, Eduardo da Silva, o salvador da gávea, cabeceou, Victor parecia defender, mas acabou espalmando para dentro do gol em outra falha estranha. Final 2 a 1 e Flamengo com 3 vitórias seguidas no campeonato. 
No Beira-Rio, jogo truncado entre Internacional e São Paulo. O jogo era pouco criativo, com as equipes jogando forte na marcação, sem espaços. Em boa jogada coletiva do São Paulo, em um dos poucos bons ataques da equipe, Kaká serviu Álvaro Pereira, que chutou, a bola rebateu na defesa e voltou para Ganso, que chutou para marcar o tento da vitória. O Internacional até tentou marcar e exagerou nos cruzamentos, que pouco renderam algo mais. Final 1 a 0. 
Na Arena Condá, a Chapecoense recebeu o Fluminense. Em um jogo bem parado e sem qualidade, a Chapecoense jogava fechada, enquanto o tricolor carioca abusava dos cruzamentos para Fred e Walter na área. Num dos poucos lances mais trabalhados dos catarinenses, Camilo chutou da entrada da área e acertou o canto, 1 a 0. Assim, o Fluminense conseguiu sua terceira derrota seguida e mesmo no quinto lugar está em crise. 
No jogo com mais gols da rodada, o Corinthians enfrentou o Goiás. Os goianos começaram com mais eficiência e marcaram aos 10 minutos com Thiago Mendes. Depois do susto, o timão reagiu aos 22 com Guerrero, de cabeça. Já na segunda etapa, Jackson, o zagueiro artilheiro, fez o gol da virada com 15 minutos. Quatro minutos depois, com chute desviado de Renato Augusto, Elias aproveitou e chutou para empatar novamente. Depois disso, brilhou a estrela de Luciano. O atacante reserva mostrou todo o seu repertório e fez 3 gols, aos 32, 39 e 43 minutos. Final 5 a 2 Corinthians, que está em terceiro, enquanto o Goiás está em décimo primeiro.
No Mineirão, o Cruzeiro recebeu o Grêmio de Felipão, que voltou ao estádio depois do 7 a 1 com a seleção brasileira. O jogo parecia caminhar rumo ao zero a zero, mas no finalzinho, aos 40 minutos, Dagoberto marcou. Assim, o time celeste ampliou a vantagem na liderança para 5 pontos. 
Os gols da rodada você confere abaixo, no Gols da Zueira:



Não deixe de compartilhar este e outros posts do Nerd Esporte, isso nos ajuda muito na divulgação do nosso trabalho e faz o blog cada vez melhor. Obrigado!


Até mais!

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Burnout - Parte 2



Salve Salve Nerds!

Semana passada tivemos a primeira parte sobre Burnout, que você confere AQUI. Hoje, traremos os outros 4 jogos desta franquia que restaram ser relatados, confira abaixo:




Burnout Legends:

Burnout Legends foi lançado em 2005, porém diferente dos outros lançamentos anteriores saiu apenas para PSP e Nintendo DS. Como várias versões para PSP, o jogo foi uma adaptação de jogos anteriores da franquia. Então, foi misturado o Burnout 2 com o Revenge para sair esta edição no console portátil. As pistas foram redesenhadas e 9 modos diferentes de jogo estiveram disponíveis, incluindo o Crash e Pursuit (perseguição). Por suportar jogos em rede, o jogo para PSP poderia ter até 4 pessoas jogando ao mesmo tempo, cada uma em seu videogame portátil. Além disso, era possível criar campeonatos especiais com esses 4 jogadores.





Burnout Dominator:

O Dominator saiu em 2007, para Playstation 2 e PSP. Comparado aos anteriores ganhou mais modos de jogo e mais circuitos, que também tinham variações em seus traçados. Os modos eram:
Race: corridas normais;
Road Rage: Corrida em que você ganhava mais pontos ao colidir com os adversários e os fazer capotar;
Eliminator: A cada 30 segundos de jogo o último da corrida era eliminado, restando apenas o vencedor no final;
Burning Lap: Corrida sozinho contra o tempo;
Maniac Mode: Uma quase corrida com obstáculos, onde quanto maior for a sua habilidade e o nível de dificuldade em que conseguir desviar maiores serão os seus pontos;
Drift Challenge: O desafio é conseguir derrapar a maior distância possível;
Near Miss Challenge: Tem como objetivo desviar dos carros que estão no caminho e no trânsito;
Burnout Challenge: Modo destruição total dos carros;
Quanto às pistas, haviam 5 regiões: Europa, Ásia, Estados Unidos, Brasil e Leste Europeu.
Confira o gameplay:




Burnout Paradise:

O sétimo jogo da série trouxe uma novidade bastante presente em jogos de vários gêneros, o mundo aberto, ou open world, que proporciona ao jogador escolher que missões fazer e de que maneira jogar, diferente dos 6 Burnouts anteriores que tinham modos pré-estabelecidos. Todo esse mundo aberto era na cidade de Paradise, assim o nome do jogo também ser esse. Assim, se parece mais ainda com Need For Speed, que não se limitava muito aos modos de jogo caso você não entrasse no modo história. Os controles, gráficos e sons ficaram muito melhores que antes, justificando-se por ser o primeiro jogo feito para Playstation 3 da franquia. Assim como a trilha sonora de Tony Hawk, a do Burnout seguiu caprichada.



Burnout Crash!

Foi a versão menos aguardada do jogo, já que não foi produzida com todo o potencial gráfico e com possíveis melhoras, pois saiu na Playstation Network e Xbox Live apenas, sem versão física, apenas para download. Ao contrário das outras versões, o jogo era em visão aérea, com um visual de desenho, não tão realista. O objetivo principal do jogo é provocar o maior acidente possível em cruzamentos de ruas, podendo também destruir objetos em volta. O jogo é dividido em 3 modos:
Rush Hour: O jogador precisa produzir o maior acidente em 90 segundos.
Road Trip: Tem como objetivo impedir que certos carros não ultrapassem o cruzamento.
Pile-Up: Deve se tentar apagar as chamas do incêndio causado pelos acidentes.
São 18 cruzamentos disponíveis para jogar, além da presença de carros de pizza, ambulâncias e carros que dão mais pontos se destruídos.
Confira:



Para fechar, fique com um vídeo contando a evolução do jogo ao longo dos anos e toda a sua história:


Não deixe de compartilhar este e outros posts do Nerd Esporte, isso nos ajuda muito na divulgação do nosso trabalho e faz o blog cada vez melhor. Obrigado!

Até mais!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Seleção Brasileira dos Experientes



Salve Salve Nerds!

Temos um post diferente, que somando a idade dos citados tende ao infinito. Ontem, tivemos a convocação da seleção brasileira e hoje trazemos a seleção brasileira dos experientes, daqueles que tem mais tempo de carreira que você que nos lê pode ter de idade. Lembrando que a seleção foi montada em parceria com o narrador malemolente, Eduardo Nobre. Confira abaixo os 11 escolhidos:

Goleiro

Rogério Ceni:



O goleiro do São Paulo é titular da equipe desde 1997 e está no clube a mais de 20 anos como atleta. Rogério já ganhou 1 Mundial de Clubes, 1 Copa Libertadores, 3 Campeonatos Brasileiros e 1 Copa Sul-Americana, além de pela seleção ter ganho como reserva a Copa do Mundo de 2002. É o maior goleiro artilheiro da história, com incríveis 118 gols marcados, sejam de pênalti ou falta. Claramente, o que importa além do currículo é a idade e o goleiro artilheiro tem 41 anos, mais do que experiente para esta seleção. 


Zagueiros

Chicão:


Chicão, também conhecido como Anderson Cardoso, tem 33 anos e foi revelado pelo Mogi Mirim. Demorou alguns anos para se destacar, até chegar ao Figueirense, onde além de atuar bem como zagueiro marcou vários gols em 2006 e 2007, principalmente de falta. No ano seguinte, 2008, chegou ao Corinthians, time onde mais atuou e ao qual ganhou seus principais títulos na carreira, sendo campeão mundial e da Libertadores em 2012, além do Campeonato Brasileiro de 2011, Copa do Brasil 2009 e Série B 2008. Ano passado, foi transferido para o Flamengo, porém não rendeu como se esperava e alterna entre a titularidade e a reserva na equipe. Aqui, é nosso zagueiro titular, rs.



Lúcio:



Lucimar Ferreira, ou Lúcio mesmo, tem 36 anos e foi revelado pelo Internacional em 1997. Do Inter foi para a Alemanha, onde se tornou ídolo do Bayern Leverkusen e Bayern de Munique. Também teve ótima passagem pela Internazionale de Milão, sendo campeão da Champions League e Mundial. Passou pela Juventus e São Paulo, sem tanto brilho, até chegar ao Palmeiras, atual clube. Foi um dos melhores zagueiros de sua geração, tanto que atuou por vários anos como titular da seleção brasileira. Na seleção ganhou a Copa de 2002 fazendo dupla com Roque Júnior, além da Copa das Confederações de 2005 e 2009, quando marcou o gol do título contra os Estados Unidos. 

Laterais

Leonardo Moura:




Leonardo, ou Léo Moura, tem 35 anos e poucos sabem, mas foi revelado pelo Botafogo. Além do alvinegro, passou pelos outros dois rivais do Flamengo, o Vasco e o Fluminense. Rodou por várias equipes sem muita regularidade, até chegar ao rubro negro carioca em 2005. No mengão ganhou seus títulos, 1 Campeonato Brasileiro, 2 Copas do Brasil e 5 estaduais. Atuou 1 vez pelo Brasil em 2008 contra a Irlanda. Mesmo com a idade, Léo Moura ainda segue eficiente na lateral e continua jogando em bom nível.


Júnior César:


Talvez o mais novo da nossa lista, com apenas 32 anos de idade. Este é Júnior César, que atualmente defende as cores do Botafogo, mas foi revelado pelo Fluminense, clube que mais atuou na carreira. Não foi um valoroso lateral de encher os olhos, porém ganhou estaduais pelo Fluminense, Botafogo e Atlético Mineiro, além de uma Copa do Brasil pelo tricolor carioca. No galo mineiro, conquistou o seu maior título, a Libertadores, além do terceiro lugar no Mundial de Clubes. 

Meias

Alex:



Alexsandro de Souza, o Alex, tem 36 anos e começou a sua carreira no Coritiba, seu atual clube, em 1995. De lá para cá, o criativo e habilidoso meia passou por várias equipes, sendo destaque em quase todas, tanto que quando resolveu voltar ao Brasil, Palmeiras e Cruzeiro tentaram usar o trunfo de ele ser ídolo desses clubes para tentar contratá-lo. Além das equipes citadas acima, ainda jogou no Flamengo, Parma e Fenerbahçe, onde mais jogou na carreira, 8 anos. Em 2013 voltou para o Coritiba e poderá se aposentar este ano ao término do Campeonato Brasileiro. Falando de títulos, Alex foi campeão da Libertadores, da extinta Mercosul, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Campeonato Turco. Pela seleção brasileira foi campeão da Copa América em 1999 e 2004, ficando de fora da convocação para a Copa do Mundo de 2002, talvez o grande título que faltou ao craque na carreira. 

Paulo Baier:



Paulo Baier, ou o pai do futebol brasileiro, tem impressionantes 39 anos de muita juventude em campo. Foi revelado pelo São Luiz de Ijúi, Rio Grande do Sul, porém sua primeira partida oficial da carreira foi pelo Criciúma. Vamos para a longa lista de equipes que o Highlander do futebol já atuou: Criciúma, Atlético Mineiro, Botafogo, Vasco, América Mineiro, Santos, Pelotas, Goiás, Palmeiras, Sport e Atlético Paranaense. Foi destaque principalmente no Criciúma, onde na decisão da Série B marcou 3 gols e no Palmeiras e Goiás, onde foi ídolo. Por último, fez história no Atlético Paranaense, onde atuou por mais tempo, de 2008 a 2013, tendo permanecido na equipe mesmo tendo caído para a segunda divisão em 2011, voltado e em 2013 se tornando o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos, com 102 gols. Depois de problemas para renovar com o Atlético acabou retornando ao Criciúma, onde continua jogando com qualidade e vitalidade invejáveis.

Lúcio Flávio:



Outro experientíssimo meia, que com seus 35 anos ainda mostra bom futebol com o Paraná Clube. Foi revelado pelo clube paranaense, mas atuou também no Internacional, São Paulo, Coritiba, Atlético Mineiro, São Caetano, Al Ahli, Botafogo, Santos, Atlas e Vitória. Foi destaque principalmente no Botafogo, de 2006 a 2010, principalmente pela qualidade nos passes e eficiência nas cobranças de faltas. Não ganhou grandes títulos, mas se tornou ídolo do alvinegro carioca e principalmente do Paraná Clube, ao qual retornou em 2012 e continua até hoje. 

Zé Roberto:



Como os meias experientes não jogam muito de volantes ou mais defensivamente, trazemos outro meia mais ofensivo. José Roberto da Silva Júnior começou sua carreira na Portuguesa e passou por Real Madrid, Flamengo, Bayern Leverkusen, Bayern de Munique, Santos, Hamburgo, Al-Gharafa e Grêmio. Tem incríveis 40 anos, mas segue atuando, mesmo atualmente sendo mais reserva do que titular. Se destacou na lusa como uma das grandes revelações do clube na sua história, além de ter jogado 7 anos no Bayern de Munique, brilhado no Santos, mesmo que por pouco tempo e voltado em 2012 ao Brasil para jogar no Grêmio. Também atuou pela seleção brasileira, mas não consecutivamente, entre 1995 e 2007. No Real Madrid e no Bayern de Munique foi campeão nacional, além de vice campeão da Liga dos Campeões pelo Bayern Leverkusen. Pela seleção brasileira jogou duas Copas do Mundo, sendo vice em 1998 e destaque mesmo com o Brasil eliminado nas quartas em 2006. Foi campeão da Copa América em 1997 e 1999, além da Copa das Confederações de 1997 e 2005. 

Atacantes

Magno Alves:



Magno Alves, que agora descobri que é irmão do Alex Alves, falecido em 2012. O magnata, jogou em tantas equipes que citaremos as principais que atuou no Brasil. Passou pelo Criciúma, Fluminense, Ceará, Atlético Mineiro e Sport. No exterior jogou por clubes na Coréia do Sul, Japão e Arábia Saudita. Foi destaque principalmente no Fluminense, onde contratado com certa desconfiança foi artilheiro do Campeonato Brasileiro em 2000 e tendo 111 gols pelo time carioca, sendo o décimo maior artilheiro da história da equipe. No exterior foi artilheiro do campeonato japonês em 2006. Em 2012 retornou ao Ceará, onde já marcou 76 gols nessas quase 3 temporadas, tanto que foi artilheiro da Copa do Nordeste este ano com 8 gols. Não sabemos de onde surge vitalidade para Magno Alves continuar marcando gols, ele é artilheiro da Série B deste ano com 9 gols. 

Dênis Marques:



Dênis Marques, o Predador, sim, do filme, devido a suas tranças que lembram as do alienígena. Tem 33 anos e foi revelado pelo Mogi Mirim. Também atuou no Al Kuwait, Atlético Paranaense, Omiya Ardija, Flamengo, Santa Cruz e ABC de Natal, seu atual clube. Maldosamente, na página do jogador na Wikipedia ele está como futuro jogador do Íbis. Fez seu nome principalmente no Atlético Paranaense, em uma equipe rápida e comandada por ele no ataque. Em 2005 foi finalista da Liberadores com o furacão. Quando voltou ao Brasil, pelo Flamengo, não conseguiu mostrar um bom futebol, além de se envolver em um acidente automobilístico, que o tirou de campo por um ano e meio devido a problemas psicológicos pelo que ocorreu no acidente. O Santa Cruz apostou na sua volta e ele marcou 41 gols em 73 jogos pelo clube pernambucano, sendo campeão estadual e artilheiro da série C. Este ano assinou com o ABC de Natal, onde voltou a ter boas atuações e leva o time para a terceira fase da Copa do Brasil. Tem 5 gols na Série B. 

Esta foi a nossa seleção, faltou alguém? Tem alguma sugestão? 
Além disso, se puder compartilhar os nossos posts, inclusive este, nas redes sociais como Twitter, Facebook, Google Plus, VK, Secrets....


Até mais!

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!



Voltamos com os principais vídeos que encontramos esta semana relacionados ao esporte. Muitas coisas engraçadas e curiosas. Confira:

Começamos falando dos 3000 metros com barreiras, na final do campeonato europeu de atletismo. O francês Mahiedine Mekhissi-Benabbad estava liderando a prova com folgas, então resolveu comemorar e tirou a camisa, colocou na boca e comemorou enquanto corria rumo a mais um título, inclusive era o atual campeão. Ele venceu, porém a federação espanhola de atletismo entrou com uma representação contra o atleta, pois o número que os competidores carregam deve sempre estar visível. Por isso, Mahiedine Mekhissi-Benabbad, esse nome aí, perdeu o ouro e foi desclassificado da prova por ter tirado a camisa.
Veja no replay:




Que o futebol sul-americano tem suas peculiaridades, todos sabemos. Mas, na fase preliminar da Copa do Peru, na partida entre Minsa e Expreso Inambari, um acontecimento diferente interrompeu por algum tempo a partida. Veja abaixo o que ocorreu:



Via Trivela


No amistoso entre Real Madrid e Fiorentina, cobrança de escanteio, jogadores concentrados esperando a bola na área dos italianos. Eis que Cristiano Ronaldo aparece ao lado de Benzema, que fala alguma coisa para ele, mas espera aí, não é Cristiano Ronaldo, e sim um torcedor! Um torcedor com uniforme completo, que enganou muita gente no estádio em que as equipes se enfrentavam, na Polônia. Não muito depois ele foi retirado de campo e não ajudou o time espanhol a evitar a derrota para a Fiorentina. 




Você hoje assiste a Fórmula 1 com grandes pilotos no ápice de suas carreiras, ou ao menos na maior categoria que um piloto sonha estar. Mas, você sabe como era a carreira destes atletas nas categorias de base do automobilismo? Confira abaixo a briga entre Vettel e Hamilton quando corriam na Fórmula 3. Clicando AQUI você confere outros pilotos, como Maldonado, Bottas, Alonso e companhia quando eram apenas promessas.



Agora, trazemos outro torcedor que resolveu inovar na sua invasão ao campo. Lembramos que por mais criativos que esses torcedores sejam, não vá invadir o gramado. Bom, voltando, este inglês resolveu mostrar aos jogadores do Tottenham como se cobrar uma falta com alguma qualidade:





Até mais!

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um.... Combo de Final de Semana!!!

Nesta segunda-feira maravilhosa, começamos o nosso combo falando de basquete. Nos Estados Unidos, o Brasil realizou mais um amistoso contra a nação de Obama. O Brasil jogou sempre atrás no placar, porém sem deixar os americanos abrirem grandes vantagens, ou seja, o jogo estava equilibrado, mesmo com vários erros primários da seleção. No último quarto, o time brasileiro acabou tendo uma atuação aquém do normal e viu os Estados Unidos chegarem a abrir 20 pontos de vantagem. No final, 95 a 78 e esperanças na melhora do time até o mundial, enquanto ao mesmo tempo vemos um time bem capacitado. 



Do ginásio para as pistas. Começamos falando de mais uma prova da Stock Car, desta vez na saudosa Cascavel. Na primeira etapa, Júlio Campos era o pole position e liderou a corrida em boa parte do tempo. Quem deu sorte e também teve boa estratégia foi Rubens Barrichello, que estava em segundo e viu Júlio Campos escapar da pista e ceder o primeiro posto para o ex-F1. Assim, Rubinho se manteve e conseguiu sua segunda vitória na categoria, segunda seguida. Em segundo ficou o próprio Júlio Campos em briga com o terceiro, Átila Abreu e o quarto, Cacá Bueno. 
Já na segunda prova, grid com os 10 primeiros em posições invertidas. Assim, Marcos Gomes, que havia terminado a prova 1 em nono, largou em segundo. Em primeiro ficou Max Wilson, que não resistiu por muitas voltas diante da pressão de Gomes, que assumiu a ponta para não sair de lá. Brigando pelo segundo lugar, Valdeno Brito conseguiu vencer Max Wilson, o terceiro. No campeonato, quem lidera é Átila Abreu, com 104 pontos, seguido por Rubinho e Sérgio Jimenez, com 93. 



Agora trocamos de categoria e falamos de Moto GP. Nas dez primeiras etapas deste ano, apenas um nome apareceu no lugar mais alto do pódio, ele, Marc Marquez. No GP de Brno, na República Tcheca, o espanhol largou na pole position, porém perdeu posições no começo e viu seus adversários de maior renome e condições para ganhar, Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa, encostarem nele. Os dois chegaram e passaram Marquez, que parecia não conseguir ter o mesmo ritmo dos líderes, que se revezaram por um bom tempo, até Pedrosa tomar a ponta e se isolar. Valentino Rossi também se aproveitou da momentânea apatia de Marquez e ficou com o terceiro posto, deixando o líder do campeonato em quarto na prova. Final Pedrosa vencedor, quebrando a escrita do ano e o recorde de 10 provas seguidas vencidas.


Agora sim, vamos de Campeonato Brasileiro e sua décima quinta rodada. No sábado, o Internacional visitou o Goiás, que deu uma grande ajuda aos colorados com um gol contra de Pedro Henrique, para a partida não ficar no zero a zero diante de um jogo ruim tecnicamente.
No mesmo dia, o Corinthians recebeu o Bahia, para mais um jogo entre os dois este ano. Os baianos jogaram fechados e assim dificultaram um melhor jogo corintiano, já que a equipe paulista não estava muito criativa para encontrar espaços. Em uma das poucas oportunidades do time no jogo, cruzamento para Kieza completar e abrir o placar. Ainda na primeira etapa, o timão reagiu e marcou com Gil, aos 42 minutos. Na segunda etapa o jogo seguiu morno, com o Corinthians tentando arrumar espaços, mas criando poucas chances de gol e tendo Guerrero como principal armador. Final 1 a 1.
No jogo horrível da rodada, Vitória e Chapecoense não saíram do zero a zero. Já no domingo, clássico paulista entre Palmeiras e São Paulo no Pacaembu. O time alviverde começou bem, com Valdívia criando e participando do jogo. Porém, o que é bom dura pouco e Valdívia saiu machucado aos 14 minutos de jogo. Depois disso, o Palmeiras piorou e não se achou em campo do mesmo modo. O São Paulo desperdiçava chances e contava com uma arbitragem que errou muitos impedimentos. Na segunda etapa, depois de saída errada do goleiro Fábio, Alexandre Pato recebeu e não perdoou, 1 a 0. O jogo voltou a ficar morno e o Palmeiras conseguiu empatar em pênalti duvidoso, convertido por Henrique. No final, na bacia das almas, Alan Kardec recebeu o cruzamento certeiro e cabeceou para, com a ajuda do goleiro, marcar o gol, 2 a 1. 
No primeiro jogo de Felipão em casa, o Grêmio recebeu o Criciúma. Os catarinenses pouco produziram e não tinham um Paulo Baier inspirado, enquanto o tricolor gaúcho apostou em Lucas Coelho no lugar de Barcos. Assim, Luan marcou o primeiro e Lucas Coelho o segundo, sacramentando o 2 a 0. 
Na partida dos desesperados, o Coritiba recebeu o Flamengo. Como a própria fase dos times mostra, o jogo foi fraco tecnicamente e com poucas chances de gol. O Coxa sentiu a falta do lesionado Alex, enquanto o Flamengo se aproveitou da fraqueza defensiva do adversário para ainda no primeiro tempo marcar com Everton o gol da vitória. O gol tira o mengão da zona de rebaixamento e mantém o Coritiba no último lugar. 
No Mineirão, o Cruzeiro recebeu o Santos empolgado com Robinho. Mas, nem o atacante evitou o chocolate cruzeirense. O time celeste foi bem melhor e aplicou um sonoro 3 a 0, com gols de Marcelo Moreno, Ricardo Goulart e Júlio Baptista. 
Em um estádio com condições horríveis de gramado, o Sport recebeu o Atlético Paranaense. O jogo não foi muito bom, mas o primeiro tempo ainda reservou algumas emoções, com os dois gols. Primeiro com Cleberson, para o Atlético e depois Régis, empatando para o Leão. 
No melhor jogo da rodada, ou mais disputado, o Figueirense recebeu o Atlético Mineiro. Os mineiros começaram melhores, conseguindo dominar no ataque, tanto que aos 7 minutos já marcaram com Dátolo, de cabeça. O Figueira pouco criava e não tinha tanta criatividade, mas, aos 24 minutos Leonardo Silva desviou errado o cruzamento e marcou contra, 1 a 1. Na segunda etapa, de pênalti, Diego Tardelli virou o placar novamente para o galo. Mas, na bacia das almas, com direito a ida do goleiro catarinense para a área, a bola sobrou para Clayton, aos 46 minutos, empatar o jogo, 2 a 2.
Para fechar, clássico carioca com Botafogo e Fluminense jogando em Brasília. O fogão vem de péssima fase, com dívidas dos clubes e vários salários atrasados. Já o tricolor foi eliminado precocemente da Copa do Brasil pelo América de Natal. No jogo de ontem, o fogão teve grande atuação de Zeballos, que deu assistência para o gol de Daniel e marcou o segundo. Fred, em péssima fase, cobrou pênalti duvidoso sofrido por Rafael Sóbis, mas isolou pra fora. Final 2 a 0 e Botafogo fugindo do Z-4.
Os gols você confere abaixo, no gols da zueira:


Não deixe de compartilhar no Twitter, Facebook, VK, Google +, Linkedin e outras redes sociais os posts do Nerd Esporte. Obrigado!

Até mais!

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

As Copas



Salve Salve Nerds!

Hoje trazemos os resultados na Copa do Brasil, o segundo jogo da final na Libertadores e a Supercopa da Europa.


Pela terceira fase da Copa do Brasil, o São Paulo poderia até empatar, além de jogar em casa contra o limitado time do Bragantino. No começo de jogo isso pareceu mais evidente, até com gol tricolor marcado por Paulo Miranda. Porém, o time da casa começou a errar passes e a dar espaços enormes para os avanços do Bragantino. Ainda no primeiro tempo, Cesinha empatou e na segunda etapa a virada foi inesperada e com gols de Gustavo Carbonieri e Guilherme Mattis. Vale ressaltar as péssimas atuações dos defensores, que erravam muito nos cruzamentos, além de Rogério Ceni. Final 3 a 1 e Bragantino classificado.
Em Marabá, o Paysandu precisava vencer o Coritiba, que começou ganhando e tomou a virada do time da casa, porém não foi suficiente para classificar os paraenses, que viram os paranaenses avançarem aos trancos e barrancos.
No Castelão, o Ceará recebeu o Internacional e precisava de um empate para se classificar. Porém, o time da casa voltou a ter grande atuação e mostrou que não venderia a vaga fácil aos gaúchos. Com gol do imortal Magno Alves na primeira etapa e Bill na segunda. Valdívia diminuiu para o colorado, porém para consagrar a grande partida, Magno Alves fez de novo e carimbou a vaga, 3 a 1.
No Maracanã, o Fluminense recebeu o América de Natal, que precisava reverter o 3 a 0 levado contra os cariocas em Natal. O América começou bem e abriu o placar com Marcelinho, mas o tricolor empatou com Fred, ele que não marcava havia muito tempo. Cícero virou logo depois e assim obrigou o time potiguar a marcar mais 4 gols. Na segunda etapa, o impossível se tornou realidade para o Fluminense. Com gol de Max, dois de Alfredo e o tento histórico de Rodrigo Pimpão, o América fez 5 a 2, quebrou todas as expectativas imagináveis e assim se classificou.
Precisando vencer, o Santos recebeu o Londrina na Vila Belmiro. Com Robinho inspirado, o peixe enfim apresentou um futebol com mais qualidade. O tubarão chegou a assustar em gols perdidos por Juninho, mas quem brilhou foi outro "inho", Robinho. Robson de Souza marcou o primeiro aos 7 minutos e serviu Rildo aos 43 para classificar o time da baixada. Final 2 a 0.




Na decisão da Libertadores, segundo jogo em Buenos Aires. O Nacional começou melhor e querendo mais jogo, diante de um nervosíssimo San Lorenzo em casa. Já no primeiro minuto, contra golpe paraguaio e Orué chutou forte, na trave, santa trave. O Nacional continuou criando chances no primeiro tempo, várias passando perto do gol de Torrico. Mesmo com o mal futebol apresentado, em lance bem estranho, Coronel, do Nacional, ergueu o braço no cruzamento argentino e a bola bateu no braço dele na área, pênalti. Ortigoza cobrou e converteu o pênalti, 1 a 0. A segunda etapa foi marcada pelo jogo enrolado do San Lorenzo e as tentativas desesperadas do Nacional, que não conseguiu ameaçar e tentar se aproximar do gol. Final 1 a 0 e o time do Papa enfim é campeão da Libertadores!

Supercopa, Champions e Europa League

Na Supercopa da Europa, o Real Madrid, campeão da Champions League, encarou o Sevilla, vencedor da Liga Europa. O Real, mais reforçado ainda com James Rodriguez, não teve dificuldades para passar pelo adversário, com gols de Cristiano Ronaldo, um na primeira e outro na segunda etapa. A estreia de James foi cercada de expectativas, mas vimos que ele precisará se adequar melhor ao estilo de jogo madrilenho. No restante, time bem montado e com amplas condições de brigar novamente pela Champions League e principalmente pelo Mundial final do ano.
Os gols:




Os gols da Copa do Brasil e Libertadores abaixo:




Até mais!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...