sexta-feira, 31 de outubro de 2014

As Copas



Salve Salve Nerds!

Nesta sexta-feira falamos dos jogos da Copa do Brasil e o São Paulo na Sul-Americana. Vamos primeiramente com a nossa competição nacional:


No Mineirão, o Cruzeiro recebeu o Santos e mostrou o porque de ser o líder do campeonato brasileiro. Os mineiros começaram apertando o adversário e abriram o placar logo aos 10 minutos com Willian, após rebote mal feito por David Braz. Houve ainda um gol mal anulado do time celeste no que seria o segundo gol. O Santos produziu pouco e não conseguiu levar perigo para a defesa adversária. Final 1 a 0 e tudo aberto para a volta na Vila Belmiro.

Já no Maracanã, ótimo jogo entre Flamengo e Atlético Mineiro. Desde o início a partida teve lances perigosos, com o atleticano Victor salvando 3 gols em 30 minutos de partida, inclusive um quase gol contra de Jemerson. O único lance perigoso do Atlético foi em cruzamento que Marcos Rocha cabeceou e Paulo Victor apenas fez o famoso golpe de vista torcendo para a bola não entrar. Na segunda etapa várias alterações nas equipes, buscando maior velocidade aos ataques. Mas, o gol chegou na bola parada. Após falta cobrada, a bola sobrou para Gabriel, que cruzou e Cáceres subiu mais alto que a defesa para marcar, 1 a 0 Flamengo.
Os cariocas sobravam em campo, e o destaque flamenguista, Gabriel, fez fila do meio para a defesa atleticana, driblou 3 marcadores e foi derrubado por Josué. Aliás, Josué fez o pênalti de peixinho. Na cobrança, Chicão cobrou e não desperdiçou, 2 a 0. Quem garantiu o resultado foi Paulo Victor, o goleiro do mengão fez dois milagres seguidos após finalizações de Marion, duas defesaças que mantiveram o 2 a 0 para o Flamengo e boa vantagem para a volta.


Pela Copa Sul-Americana, o São Paulo jogou diante do Emelec. Outro jogo bem disputado, com o tricolor paulista tentando encontrar espaços na retranca equatoriana. Aos 12 minutos, Kaká fez jogada com Maicon, que tocou para Michel Bastos mandar bom chute colocado. Herrera quase empatou para o Emelec, mas Rogério Ceni salvou. Aos 34 minutos, Ganso fez bom passe para Kaká, que no meio da confusão viu a bola chegar em Hudson, que marcou o segundo gol. No finalzinho da etapa inicial, outra jogada de Ganso para Kaká, que tocou para Alan Kardec fazer o terceiro. Tudo parecia tranquilo, mas na segunda etapa o Emelec reagiu rapidamente com 2 gols em 9 minutos. No primeiro gol, Rogério Ceni falhou em chute de Bolaños e no segundo Mena, livre, não bobeou para marcar. Após os dois gols, pressão equatoriana por alguns minutos, mas aos 24 outro tento são paulino, Hudson cruzou e Antonio Carlos cabeceou certeiro. Final 4 a 2 e classificação bem encaminhada.

Confira abaixo os gols das copas no Gols da Zueira:


Até mais!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!




Estamos de volta com os vídeos esportivos que foram destaque nesta última semana. Iniciamos com música e esporte. Já postamos aqui alguns vídeos de bandas marciais (não sei se são marciais ou há outro nome) que se apresentam no início de jogos de futebol americano nos Estados Unidos. A "Ohio State Marching Band" animou o público com sucessos e clássicos do Rock com direito aos integrantes formando os logos das bandas. Confira:


Também comentamos aqui dos lançamentos de FIFA e PES 15, com direito a análise do nosso glorioso Arthur. No vídeo abaixo, temos alguns dribles que foram feitos nos dois jogos como forma de comparação dos movimentos e gráficos dos dois jogos:


Via Esporte Interativo

No Aberto de Estocolmo de Tênis, o tenista Grigor Dimitrov foi devolver a jogada de Jack Sock, mas devolveu com muito estilo, técnica e precisão para não errar.Confira abaixo a incrível devolução de Dimitrov:


O Bayer Leverkusen venceu o Schalke 04 por 1 a 0 no final de semana, e para comemorar, os jogadores e o mascote foram acenar e pular para a torcida. Mas, os atletas resolveram pregar uma peça em Brian, o leão mascote, e o derrubaram para então todos pularem em cima do sofrido trabalhador do futebol. Veja abaixo as cenas "lamentáveis" e que o leão perdeu até o sapato na confusão:

Via Brasil Mundial FC

Na Liga Espanhola de Basquete, o Tenerife jogava contra o Real Madrid. Tentando evitar a saída de bola, o jogador Sergio Lull se esticou e tentou o passe para o companheiro. Porém, ele acabou acertando o passe no rosto do árbitro que fica atrás da tabela, quase o nocauteando.




 Via Meio de Campo


Até mais!

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um........... COMBO DE FINAL DE SEMANA!!!

Antes de tudo, não cansarei de comemorar o título épico, histórico, espetacular, sem palavras do Cascavel Dortmund na segundona do Campeonato Paranaense. O gol de empate aos 39 minutos e o da virada aos 49, na bacia da bacia das almas, pra erguer o caneco de campeão. Veja os gols AQUI.

Saindo do Estádio Olímpico Regional, vamos para o Maracanãzinho onde tivemos o UFC 179. A luta principal foi o tão esperado confronto entre José Aldo e Chad Mendes. O combate foi pesado, os dois lutadores saíram bem desfigurados e machucados, mas quem teve maiores oportunidades de vencer foi o brasileiro, que inclusive quase nocauteou Mendes no final do primeiro round e o americano foi literalmente salvo pelo gongo. No final, decisão unânime dos juízes e o cinturão permanece com José Aldo e no Brasil. Os detalhes desta luta e dos outros combates do UFC 179 você confere AQUI no post do Arthur.


Na Moto GP, prova na Malásia e com recorde igualado. Marc Marquez, já campeão, e Valentino Rossi, o maior campeão da categoria, duelaram até as voltas finais da corrida para o atual campeão conseguir se isolar e segurar a ponta. Assim, Marc Marquez igualou o recorde de 12 vitórias em uma temporada, feito do piloto Mick Doohan em 1997. O espanhol ainda conseguiu a sua décima terceira pole position no ano, outro recorde. Maiores detalhes da corrida você confere AQUI.


Agora, vamos aos gramados novamente para a trigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Tivemos 9 partidas no sábado e haverá uma hoje, São Paulo contra Goiás. No Maracanã, o Fluminense recebeu e venceu no sufoco o Atlético Paranaense. Os cariocas abriram o placar com Wagner e viu o furacão empatar no final em gol de Cleberson. Porém, nos acréscimos, Fred, ao estilo matador, desempatou e encostou o tricolor carioca no G-4. No clássico paulista, o Palmeiras recebeu o Corinthians no Pacaembu. O verdão saiu na frente após falha defensiva do timão e sobra de bola para Henrique, artilheiro do campeonato, marcar. Nos acréscimos, Danilo acertou chute, que desviou no zagueiro e atrapalhou Fernando Prass. Final 1 a 1. O Figueirense recebeu o líder Cruzeiro, que após cobrança de lateral, teve Marquinhos completando para o gol. Na segunda etapa, Pablo empatou para o figueira e poderá deixar o líder do campeonato apenas 5 pontos do São Paulo, caso os paulistas vençam hoje.
No Independência, o Atlético Mineiro sofreu contra o Sport, que abriu o placar com Rodrigo Mancha. O galo empatou com Tiago, de falta, virou com Dátolo em belo chute e ampliou com Carlos, o artilheiro do time. Danilo ainda diminuiu para o Sport. Final 3 a 2 e Atlético provisoriamente em segundo. Já no Barradão, o Vitória atropelou o Criciúma. O time baiano começou marcando com desvio de Dinei, mas viu o empate catarinense com Rodrigo Souza. Após isso, começou o show de Edno, que fez um golaço, uma pintura, um belo gol de bicicleta. De pênalti o atacante ainda marcou o seu segundo gol na partida e o terceiro do Vitória no jogo. Final 3 a 1, Vitória respirando e Criciúma no fundo do poço.
Na Arena Condá, a Chapecoense recebeu o Santos. O peixe abriu o placar com o zagueiro Bruno Uvini e segurou o jogo sem maiores preocupações. Até que, aos 45 minutos do segundo tempo, Leandro fez o gol de empate do time catarinense e deixou o Santos mais longe do G-4. No Couto Pereira, o desesperado Coritiba recebeu o Grêmio. O coxa jogou bem e até mereceu um placar melhor no jogo, inclusive abrindo o placar com Leandro Almeida. Aos 39 minutos do segundo tempo, Riveros empatou para o tricolor gaúcho e assim recolocou o coxa no Z-4. Robinho, do lado do gol, encostado na trave, conseguiu perdeu uma chance claríssima de gol para desespero dos torcedores. Final 1 a 1. No Beira-Rio, o Internacional não teve trabalho para passar pelo Bahia, gols de Alan Patrick e Nilmar. No clássico carioca realizado na Arena da Amazônia e seu péssimo gramado, o Botafogo venceu o Flamengo. O fogão abriu o marcador com Rogério, após boa triangulação do ataque. Na segunda etapa, Wallyson acertou um chutaço e ampliou o placar, 2 a 0. No final, Eduardo da Silva ainda diminuiu mas não evitou a derrota. Final 2 a 1.
Confira os gols da rodada abaixo, no Gols da Zueira:


Até mais!

domingo, 26 de outubro de 2014

UFC 179



Salve Salve Nerds!
Essa semana eu, Arthur, volto depois de um período de abstinência dos eventos do UFC, mas volto em grande estilo, com o UFC 179. Evento realizado no Brasil, mais precisamente no Maracanãzinho, Rio de Janeiro.


Fotos MMA Junkie
José Aldo venceu Chad “Money” Mendes por Decisão Unanime.
                                                                   Foto: André Durão / Globoesporte.com



Mais uma vez José Aldo teve um excelente lutador pela frente e se impôs, ganhando a luta de maneira que só engrandece o espetáculo.
Como torcedor eu realmente tinha medo de Chad Mendes, como uma pessoa que escreve sobre eu via em Mendes um respiro de competitividade que poderia sim tirar o último cinturão do Brasil.
A luta começou sensacional, com muitas investidas do saltitante Mendes e Aldo como sempre esperando a melhor hora e lançando as bombas na cara do adversário. Nos três primeiros rounds Aldo tocava o adversário e ele sentia a porrada, caindo algumas vezes, mas Mendes foi um outro monstro, acertando fortemente o brasileiro algumas vezes.
A partir do quarto round a luta ficou um pouco mais humana, com os dois demonstrando um pequeno cansaço, particularmente neste round Mendes venceu. No ultimo round Aldo demonstrou seu boxe agressivo e venceu o round.
Para a próxima luta eu quero que Aldo ganhe uma boa grana, então seria muito bom escalarem o manauara contra Connor MacGregor, o Chael Sonnen de 66 kg, antes que o mesmo perca e fique longe do cinturão. Pela primeira vez uma luta de pesos-pena atrairia uma publicidade de peso-pesado

Phil Davis venceu Glover Teixeira via Decisão Unanime.

Phil Davis simplesmente implantou o método mais obvio de luta que um wrestler do nível dele faria. Ignorando a trocação de Glover Teixeira o americano pressionou o tempo todo, colado como um carrapato, todos os momentos que o brasileiro investia na trocação Davis derrubava e golpeava.
Nos poucos momentos de troca de golpes da luta o americano era mais volumoso, lançando socos ao vento ou que pegavam fraco no adversário, mas tinha volume, o que realmente importa para a pontuação
Foi no mínimo decepcionante a atuação de Glover, mais lento que o comum e mais apático, sem uma energia que eu enxergava nele antes e enfrentar Jon Jones. Para o futuro de Davis, talvez o meio da tabela, mesmo após vencer três brasileiros em solo nacional ele tem muita dificuldade para vencer os tops da categoria.

Fabio Maldonado venceu Hans Stringer por nocaute técnico aos 4m06s do R2

O caminho de Stringer para vencer Maldonado era muito claro e no primeiro round ele conseguiu implementar isso, botar a luta no chão, golpear e cansar o adversário.
No segundo round o holandês iniciou o round ainda conseguindo fazer este jogo, mas em uma queda muito estranha o Caipira de aço passou a dominar no ground and pound, o adversário estava com uma cara de medo junto com dor por mais de um minuto em baixo do brasileiro. No fim da luta Maldonado pulou na grade e foi abraçado por Anderson Silva, uma cena muito bacana de respeito e amizade.
Fabio Maldonado é um lutador showman, luta para os fãs e ignora as técnicas ou o caminho no cinturão, por não ter nível e cabeça, mas enquanto ele estiver dando show eu vou querer vê-lo lutando.

Darren Elkins venceu Lucas “Mineiro” Martins por Decisão Dividida (30x27,27x30,30x27).

Darren Elkins tentou escapar de qualquer maneira da boa trocação do brasileiro, na maior parte do combate o americano fez pressão na grade, jogando o brasileiro no clinch, obrigando o adversário a esgotar as forças.
O primeiro round foi o menos pior da luta, com mais momentos na trocação, mas com maior vantagem de Elkins no clinch e pressão na grade. Os rounds seguintes se basearam no americano indo para grudar na grade, obrigando o brasileiro a ser mais passivo que o Fred na Copa.
Uma luta extremamente decepcionante, dois bons lutadores que ficaram no pior estilo de jogo do MMA, amarrando a luta. Além de um absurdo 30x27 em favor do brasileiro.

Beniel Dariush venceu Carlos Diego “Macaco” por Decisão Unanime

A luta transcorreu de uma terrível maneira para o brasileiro Carlos Diego, levando atraso em pé e no chão, o adversário iraniano dominava a luta na distancia, aplicando golpes e saindo, quando o brasileiro tentava encurtar a luta levava atraso com quedas e pressão no clinch.
O primeiro round foi o mas favorável para o brasileiro, sem tomar tanto atraso nas quedas, mas mesmo assim perdendo na trocação. No segundo e terceiro round a luta foi muito parecida, com quedas e pressão na grade Carlos Diego sofreu sua primeira derrota.

Resultados do Card Preliminar:
Neil Magny venceu William Macario via TKO (Socos) R3 2:40
Yan Cabral venceu  Naoyuki Kotani via Submission (Mata-leão) R2 3:06
Wilson Reis venceu Scott Jorgensen via Submission (Katagatame) R1 3:28
Andre Fili venceu Felipe “Sertanejo” Arantes via Decisão Unanime.
Gilbert Burns venceu  Christos Giagos via Submission (Chave de braço) R1 4:57

Tony Martin venceu  Fabricio Camoes via Submission (Kimura) R1 4:16
Até Mais!

sábado, 25 de outubro de 2014

Gols da Semana



Salve Salve Nerds!



Sábado, dia de rodada do Brasileirão e pré-eleições. Antes de você votar com consciência, vamos aos gols mais bonitos da semana, selecionados pelos gajos da TV Golo. Desta vez, temos um golaço no Campeonato Brasileiro e outros de fora que demonstraram muita plasticidade, com participação de Cristiano Ronaldo. Confira:


Até mais!

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Brasileirão 2014 - Rodada 30



Salve Salve Nerds!

Nesta trigésima rodada do maior campeonato do país, jogos terças e quartas, já que a próxima rodada será toda no sábado, ou amanhã no caso. Vamos aos relatos:


Na terça, o Bahia recebeu o Atlético Mineiro e começou perdendo com gol de Luan. Em boa trama do time baiano, Guilherme Santos empatou, mas por muita falta de atenção o jogador, que já tinha amarelo, tirou a camisa e recebeu o segundo, sendo expulso. Final 1 a 1 e galo fora do G-4. No Maracanã, o Flamengo recebeu e passou por cima do Internacional, que não teve muitas chances na partida. O mengão venceu com dois gols de Gabriel. Na Arena Pantanal, o Corinthians jogou contra o Vitória. Os paulistas foram melhores durante quase todo o jogo e marcaram os gols com Fábio Santos no primeiro tempo e Luciano, após boa troca de passes do timão. Edno diminuiu no final para os baianos. Final 2 a 1.
Em um dos jogos importantes da rodada, o líder Cruzeiro recebeu o Palmeiras no Mineirão. O verdão segurou a pressão do time da casa e Fernando Prass fez verdadeiros milagres no gol. Na segunda etapa, o Palmeiras apostou nos contra golpes e conseguiu acertar um deles para o gol de Mouche. A partida parecia decidida, mas o juiz deu 5 minutos de acréscimos e o Cruzeiro chegou ao empate com Dagoberto. Final 1 a 1 e Cruzeiro 7 pontos do São Paulo.
No Heriberto Hulse, o Criciúma não conseguiu fazer o fator casa valer e acabou perdendo para o Atlético Paranaense, que venceu em gol de Cléo, aproveitando falha do goleiro do tigre. No jogo dos desesperados, o Coritiba recebeu o Botafogo. O coxa marcou com Joel, o cruel, no primeiro tempo e Alex, para carimbar a vitória, marcou belo gol depois de 17 partidas sem balançar a rede. Final 2 a 0 e Coritiba fora do Z-4. Em sua Arena, o Grêmio venceu o Figueirense por 1 a 0, gol de pênalti duvidoso, anotado pelo pirata Barcos. O jogo terrível e péssimo da rodada foi Chapecoense 0x0 São Paulo. Na Vila Belmiro, o Santos começou melhor e acabou vendo o Fluminense tomar conta do jogo. No final, Edson, ironia do destino este nome, fez para o fluzão e manteve a equipe viva na luta pelo G-4. Fechando a rodada, o Sport, mesmo em casa, perdeu para o Goiás por 1 a 0, gol de Esquerdinha. O leão da Ilha do Retiro agora se vê ameaçado pelo rebaixamento após 7 jogos sem vencer.
Os gols da rodada você confere abaixo, no Gols da Zueira:


Até mais!

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Tá na Capa - PES



Salve Salve Nerds!

Dias atrás trouxemos todas as capas da história do FIFA. Hoje, vamos com todas as capas do PES, ou Pro Evolution Soccer. Vale ressaltar que não estarão as capas do International Superstar Soccer e nem do Winning Eleven. Confira:

Capas genéricas nas primeiras edições do jogo



Pierluigi Collina, árbitro italiano, foi o primeiro famoso na capa do jogo

Collina ganhou a companhia de Henry e Totti em 2004

Terry e Henry

Adriano e Terry

Primeira vez de Cristiano Ronaldo na capa do jogo

Messi, quando não tinha contrato com a EA Sports

Messi e Torres, quando ainda estava no Liverpool

Mais uma vez o baixinho hermano na capa

Versão para a América com Neymar e Cristiano Ronaldo

Jogo inteiro personalizado com imagens do gajo português

Capa misturada de jogadores nesta edição, tanto brasileira quanto em outros países

Gotze, destaque e autor do gol da conquista da Copa pela Alemanha, agora capa da nova edição do jogo


Vemos que Collina, o árbitro, foi duas vezes capa, ele que apitou a decisão da Copa de 2002. Cristiano Ronaldo apareceu antes de Messi no jogo, além de ser o principal garoto propaganda da marca atualmente, diante do confronto entre EA e Konami para conseguir o melhor atleta como capa de seus jogos. Diferente da EA, a Konami pode dizer que já teve os dois melhores da atualidade como capas. Gotze aparece este ano como surpresa, uma renovação e aposta no futebol alemão, campeão mundial. 

Até mais!

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!



Voltamos com os principais vídeos da semana e já começamos com a primeira das comemorações do dia. Na Escócia, Gary Harkins, do Dundee FC, inovou e mostrou suas habilidades no MMA depois do gol marcado por sua equipe. Confira:

Via Meio de Campo

E a segunda comemoração acabou terminando em tragédia. No campeonato indiano, o jogador Peter Biaksangzuala foi dar um duplo salto mortal e acabou caindo de mal jeito na comemoração. Peter torceu o pescoço e ficou inconsciente na hora. Após o acidente, foi levado ao hospital e acabou não resistindo. Veja este trágico lance:



Agora vamos para a quadra, onde na partida de basquete entre Olimpja, da Eslovênia e Partizan, da Sérvia, o jogador Blaz Mahkovic, do Olimpja, converteu uma cesta quase impossível, impressionante, muito mais difícil do que arremessar da chamada zona morta da quadra. Veja no replay:

Via Meio de Campo

Na Copa Peru de futebol, um campeonato para manter equipes menores jogando durante o ano inteiro, o termo "cai-cai" ganhou um novo patamar. Na partida entre o Defensor Bolívar e Defensor La Bocana, o Bolívar já estava com 9 em campo e perdia por 4 a 1, até que para não se complicar mais a equipe resolveu se lesionar em conjunto, e 5 atletas do time se jogaram ao chão. Portanto, com apenas 4 jogadores não era possível continuar a partida, que foi terminada devido a ausência deles. O Defensor La Bocana reprimiu a ação do adversário, até porque ainda haverá um jogo de volta entre os dois. Confira o ato desleal:

Via Trivela


Na Turquia, como aqui, o futebol é idolatrado e inspira a criatividade dos torcedores. Torcedores do Galatasaray, antes do clássico contra o Fenerbahce, resolveram homenagear o time e o treinador Graeme Souness com um mosaico. Em 1996, após o Galatasaray conquistar a Copa da Turquia, Graeme correu até o meio do gramado e fincou uma bandeira amarela e vermelha, cores do time, no centro do campo, gerando enorme confusão por parte dos torcedores do Fenerbahce. Dezoito anos depois, o mosaico homenageou ele e provocou os adversários pelo gesto feito. Veja em vídeo abaixo:


Via Trivela


Para fechar, vamos com uma goleada histórica e impressionante. No último sábado, o Southampton conseguiu aplicar um espetacular 8 a 0 diante do fraquíssimo Sunderland no Campeonato Inglês. Mas, não foi apenas a goleada que chamou a atenção, mas sim 4 dos 8 gols terem acontecido após falhas sem noção por parte do Sunderland. Confira abaixo o show de horrores:



Southampton vs Sunderland (8-0) Full Highlights... por rubin7190


Até mais!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Combo de Final de Semana



Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um... quase Combo de Final de Semana!!!

O esporte não teve o vigor de outros finais de semana e não teremos tantas informações úteis assim hoje... mas, iniciamos os trabalhos falando da vigésima Maratona de São Paulo. No calor escaldante de São Paulo, quem se deu bem foi o Quênia, que colocou 5 dos 6 vencedores no masculino e feminino no pódio. No feminino a vencedora foi Rumokol Chepkanan que completou a prova em 2h42min, com Jane Seurey em segundo e Fridah Lodepa em terceiro lugar. Já no masculino quem levou foi Paul Kangogo com 2h14min, em segundo Danielo Limo e terceiro o brasileiro Edmílson Santana.


Em Portugal, penúltima etapa do Mundial de Surfe. A briga na temporada toda foi entre o brasileiro Gabriel Medina e Kelly Slater, o 11 vezes campeão que via o jovem brasileiro na liderança e que poderia levar o título antecipadamente nesta etapa. Gabriel acabou não passando da terceira fase de eliminatórias e foi eliminado precocemente, Para sua sorte, Slater também não foi longe e caiu na fase seguinte. Porém, quem apareceu e venceu a etapa foi o atual campeão do circuito, o australiano Mick Fanning, que ao vencer passou Slater e se colocou na segunda posição com condições boas de título. Para ganhar em Pipeline, última etapa, Medina precisa ou vencer ou ir mais longe nas baterias do que Manning. A etapa final ocorre entre 8 e 20 de dezembro.



Falamos agora de Campeonato Brasileiro, rrrrrrodada 29. No primeiro jogo, o Criciúma Dortmund visitou o Fluminense e até deu trabalho, porém perdeu por 4 a 2, gols cariocas de Wagner, duas vezes, Conca e Fred. No lado catarinense Ronaldo Alves e Lucca marcaram. No Morumbi, o São Paulo passou por cima do Bahia com gol de falta de Rogério Ceni e um gol de Ganso. O Bahia diminuiu com Fahel, mas não evitou a derrota, 2 a 1. O jogo terrível, péssimo, lazarento de ruim da rodada foi o zero a zero entre Goiás e Grêmio. No independência, o Atlético Mineiro venceu a Chapecoense por 1 a 0, gol de Douglas Santos. Já no domingo, o Santos tratou de dominar o clássico diante do Palmeiras e abriu 3 a 0 no placar com Geuvânio e dois gols de Gabriel, o Gabigol. O Palmeiras diminuiu com Henrique, o artilheiro do campeonato com 14 gols, mas segue ameaçado na tabela. Final 3 a 1.
Na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense até começou perdendo para o Flamengo em toque de mão de Eduardo da Silva, mas o furacão virou em gols de Cléo, um quase atrapalhado de cara para o gol e outro de pênalti. Em jogo importante que valeu até DVD, o Internacional recebeu o Corinthias. O timão abriu o placar com Guerrero após o zagueiro se perder na disputa aérea pela bola e ela sobrar para o corintiano marcar. Após isso, Cássio se machucou e teve que ser atendido durante quase 10 minutos para a orelha parar de sangrar. Nos 13 minutos de acréscimos, Gil subiu mais alto que a defesa colorada e marcou novamente para o timão, 2 a 0. Na segunda etapa, Gil se atrapalhou e a bola bateu na cabeça do zagueiro para enganar Cássio, que furou e viu Nilmar aproveitar para marcar. Final 2 a 1 e os dois ainda na briga pelo G-4.
No Orlando Scarpelli, jogo dos desesperados e o Figueirense tratou de mostrar que não quer cair para a segundona novamente. O time atropelou o Coritiba em grande goleada por 4 a 0, gols de Mazola, Marco Antônio e Marcão duas vezes, é o triplo M do figueira no ataque. O também desesperado Botafogo ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Sport, gol de Diego Souza para o time pernambucano e de Wallyson para o fogão. Fechando a rodada, o Cruzeiro parecia novamente perder pontos e ver os adversários enfim encostando. Porém, contudo, entretanto, todavia, Dedé subiu mais alto que todos e aos 38 minutos do segundo tempo marcou. Final 1 a 0 e os mineiros lideram com 7 pontos de vantagem para o São Paulo.
Confira os gols da rodada no Gols da Zueira:



Até mais!

sábado, 18 de outubro de 2014

PES 2015 VS FIFA 15


Salve Salve Nerds !
Eu, Arthur, chego aqui para falar sobre algo além de MMA e Boxe. Videogames, mais especificamente sobre os dois jogos mais conhecidos de futebol da atualidade.
Os jogos avaliados são das versões de Playstation 3.



PES
Prós


Jogadores demoram muito para cansar.
Escanteios são sempre perigo real de gol
Interceptação de lançamentos altos
Balanceio de habilidades dos jogadores
Carrinhos de frente dificilmente viram falta
Possui UEFA Champions League e Copa Libertadores da América
Possui times brasileiros
Contras

Gráficos terríveis
Não possui licença para ter o nome de todos os times
Quando um chute dá rebote os jogadores demoram a agir
Dificuldade em passes em profundidade
Inteligência virtual de posicionamento dos jogadores bem fraca
Jogabilidade dura e mecânica

FIFA 15
Prós:

Passes em profundidade quase sempre funcionam
Gráficos
Jogabilidade fluida e natural
Velocidade alta do jogo
Modo online sensacional
Jogadores agora demoram mais para cansar
Ultimate Team, sempre é legal
Passes mais facilitados é só apertar o botão de passe e a bola vai redonda para o outro jogador
O juiz marca mais faltas a seu favor, dando mais chances para gols de bola parada

Contras:

Marcação difícil de ser efetuada
Desbalanceamento de jogadores, em especial Messi. É só pegar a bola com ele que sai gol ou lance de perigo
Jogadores se lesionam muito fácil
Não possui times brasileiros
Não possui UEFA Champions League e nem Copa Libertadores da América





Comparação de gráficos















Por fim, os dois jogos são bem legais, mas se você tiver com dinheiro para um só aposte no FIFA 15 e seja feliz no modo online e no ultimate team.
Até Mais!

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

As Copas



Salve Salve Nerds!

Antes de tudo, pedimos desculpas pelos dois dias sem posts, pois nosso estagiário estava em sua outra ocupação e não foi realmente possível haver postagens devido a falta de tempo causada por essas atividades extra blog. Pedimos a sua compreensão e tentaremos antever estes hiatos de posts para que você, leitor, não seja prejudicado.
Voltando, tivemos partidas pela Copa do Brasil e Sul-Americana, com confrontos emocionantes e muitos gols.



 Pela Sul-Americana, só uma equipe classificada, e foi o São Paulo, que venceu o Huachipato fora de casa por 3 a 2, gols de Michel Bastos, Ganso em belo chute de primeira e de fora da área, além de Boschilla em contra golpe. O time chileno ainda marcou com Vilches e Sagal, porém não foi suficiente para desclassificar os brasileiros, final 3 a 2. No Serra Dourada, o Goiás reverteu o 1 a 0 da primeira partida marcando com Erik um belo gol, porém nas penalidades perdeu por 6 a 5 e deu adeus à competição. O Vitória havia conseguido um empate por 2 a 2 fora de casa, mas também bobeou em seus domínios e perdeu para o Nacional de Medellín por 1 a 0, gol de Bocanegra.



Na Copa do Brasil, o Cruzeiro havia feito no primeiro jogo 1 a 0 no ABC de Natal e acabou levando um sufoco e viu a desclassificação de perto. O time de Natal começou perdendo por 2 a 0 para o líder do brasileirão, gols de Willian e Henrique, mas na segunda etapa levou a virada com Rodrigo Silva, Xuxa e um belo voleio de Alvinho. Final 3 a 2 e ficou faltando 1 gol para a classificação do ABC. No Pacaembu, o Santos se aproveitou da instabilidade do Botafogo e passou o rolo compressor na equipe carioca. O peixe fez os gols com Gabriel, David Braz duas vezes, Lucas Lima e Geuvânio. Final 5 a 0 e mais um episódio lamentável no ano botafoguense.
O Flamengo, no Maracanã, repetiu o placar e o marcador diante do América de Natal. Gabriel, novamente, fez o único tento do mengão e classificou a equipe para as semi-finais. No Mineirão, a virada inexplicável. O Corinthians abriu o marcador com Guerrero e assim obrigava o Atlético Mineiro a fazer 4 gols para se classificar. E o galo foi lá e fez, diante de uma fragilizada defesa corintiana e que em pouquíssimos momentos tentou reagir. Assim, Luan, Guilherme duas vezes e Edcarlos aos 41 da segunda etapa, classificaram o Atlético para a próxima fase de maneira heróica. O Corinthians mais uma vez mostrou precisar buscar um equilíbrio na temporada. Final 4 a 1. E os confrontos das semi-finais foram definidos, o Flamengo encara o Atlético Mineiro enquanto o Cruzeiro joga diante do Santos.
Confira abaixo os gols destas competições no Gols da Zueira:




Até mais!

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Vídeos da Semana



Salve Salve Nerds!




Voltamos e hoje é dia de vídeos relacionados ao esporte com os principais destaques. Iniciamos falando de uma luta no MMA, com um lutador querendo surpreender o adversário em um golpe, porém as coisas não deram muito certo... veja:



O futebol na Austrália vem crescendo, aos poucos mas crescendo. Vem recebendo investimentos de empresários de times europeus e trouxe destaques como David Villa para jogar a sua liga. Com todo esse incentivo, a federação local produziu um vídeo mostrando todo o amor e a paixão que envolvem este esporte:


Neste final de semana tivemos uma corrida movimentada da GP3, uma das categorias de base da Fórmula 1. Logo na largada, um acidente incrível ocorreu, causando inclusive bandeira vermelha devido ao espaço ocupado pelos carros batidos. Confira:



Um dos artilheiros deste início de temporada europeia é Diego Costa. O jogador tem 9 gols em 7 jogos no Campeonato Inglês e vem conquistando a torcida do Chelsea. Para homenageá-lo e também por desafio, um jogador de FIFA no videogame resolveu recriar os 8 gols anotados por Diego até então no próprio jogo. O resultado é impressionante (frase sensacionalista extrema). Confira:



O mesmo canal também refez os gols do trágico jogo entre Brasil e Alemanha, o eterno 7 a 1. Veja no replay:


Até mais!

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Combo de Final de Semana




Salve Salve Nerds!

Está no ar mais um.... Combo de Final de Semana!

Iniciamos os trabalhos falando da Fórmula 1, primeira prova da história na Rússia. Em Sochi, Hamilton pilotou tranquilo e não viu a sombra de Rosberg, o segundo colocado, que teve problemas no início mas recuperou-se a ponto de terminar na segunda posição. Em terceiro ficou Valteri Bottas em prova regular e com bom rendimento. Felipe Massa não conseguiu superar Perez quando estava em décimo primeiro e isso o estacionou nesta posição mesmo. Com o resultado, a Mercedes conquistou o título de construtores antecipadamente. Os detalhes desta prova você confere na Colúnia Esportiva.



Seguimos nas pistas para falar de Moto GP, corrida no circuito de Motegi, no Japão. O pole position Andrea Dovizioso pouco ficou na ponta, pois Valentino Rossi assumiu a primeira posição no começo e parecia levar a vitória. Porém, Jorge Lorenzo pressionou e conseguiu ultrapassar Rossi, que ainda tinha esperanças de ao menos adiar o título de Marc Marquez. Marquez, por sinal, era o terceiro colocado e insistiu o suficiente para também deixar o multi-campeão Rossi para trás. Com a ultrapassagem, Marquez garantiu o título e apenas segurou as pontas para conquistar o bicampeonato mundial de maneira incrível, venceu as primeiras dez corridas do ano. Maiores detalhes desta prova você confere AQUI.



Das pistas para as quadras, onde o Brasil jogou as suas partidas finais no Mundial Feminino de Vôlei. Na partida de sábado, a seleção encarou as americanas na semi-final da competição e teve atuação bem apagada, errando bastante e com as americanas tendo eficiência no ataque. Assim, não adiantou, Brasil perdeu por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 29/27 e 25/20. Apenas no segundo set a atuação foi mais digna, com as brasileiras estando na frente no placar no meio do set. Hoje, jogo contra as italianas valendo o bronze. Nos dois primeiros sets brasileiras na frente com placares elásticos, 25/15 e 25/13. Porém, no terceiro e quarto set a seleção mais piorou do que as italianas melhoraram e conseguiu perder em parcial dupla de 22/25. No tie-break enfim o time acordou e conquistou o bronze com 15/7. Fica a lamentação das brasileiras, que venceram os 11 jogos das fases anteriores, mas não superaram os Estados Unidos, que ficaram com o título ao vencerem a China na final.



Ainda no sábado, o Brasil foi até a China para encarar os nossos maiores rivais no futebol, a Argentina. No começo de partida a seleção brasileira não estava bem e sofria com a pressão argentina no campo defensivo. Quando o gol argentino parecia iminente, Diego Tardelli acabou aproveitando falha dos defensores aos 27 do primeiro tempo e marcou para o Brasil. Com o tento anotado, a seleção começou a dominar o jogo e conseguir espaços, assim, quando um estava melhor, o outro é que marcava. No caso argentino, penalidade duvidosa e que Messi cobrou, mas Jefferson defendeu e evitou o empate. Na segunda etapa, o Brasil seguiu melhor e Diego Tardelli inspirado, pois foi dele o segundo gol aos 18 minutos após sobra de bola na área. Final 2 a 0.
Os gols abaixo:



Ainda nos gramados, vigésima oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Começando a rodada, o Botafogo, mesmo desfalcado, sem pagar salários e em crise, conseguiu vencer do Corinthians por 1 a 0, gol de pênalti duvidoso marcado por Wallyson. No Serra Dourada, o Goiás fez uma nova vítima, o Coritiba. O esmeraldino atropelou o coxa com gols de Jackson e David no primeiro tempo e Erik, na segunda etapa, de letra, anotou o terceiro. Final 3 a 0 e Coritiba na lanterna de novo. Já no Pacaembu, o Palmeiras recebeu o Grêmio. O tricolor gaúcho começou na frente em escandaloso pênalti cometido por Valdívia, que ergueu os braços no cruzamento gremista e com o braço bloqueou a passagem da bola. Barcos, ex-Palmeiras, não perdoou a equipe e marcou, 1 a 0. O verdão acordou e virou o jogo na base da raça e da vontade nos gols de Mouche em desvio na área e de João Pedro, em chute rasteiro desviado. Final 2 a 1 e Palmeiras respirando. 
No domingo, o Internacional recebeu o Fluminense no Beira-Rio. E o colorado começou na frente, na segunda etapa, com belo lançamento de D'Alessandro para Alex, que não perdoou e marcou um belo gol por cobertura. O tricolor empatou com Fred e parecia conseguir um bom empate, porém Valdívia recebeu outro bom passe e fez o tento da vitória colorada. Final 2 a 1. Em grande e esperado jogo, o Flamengo recebeu o líder Cruzeiro. O mengão jogou como time grande e atropelou o time celeste, que errou defensivamente nos 3 gols que levou. No primeiro, cruzamento e Dedé cortou tão mal a ponto de marcar contra. No segundo, Manoel protegeu errado a chegada de Canteros, que conseguiu tomar a bola, passar por Fábio e marcar. E no terceiro, cruzamento a meia altura e Gabriel apareceu sozinho na área para fazer o gol. Final 3 a 0, fora o baile. Em partida equilibrada e com nível técnico baixo, o Atlético Mineiro venceu, com gol no finalzinho de Luan, o São Paulo. O galo assumiu o quarto lugar e vê o adversário caindo para terceiro. 
Na Fonte Nova, a Chapecoense jogou por uma bola e em chute despretensioso de Tiago Luís venceu o Bahia. Assim, os catarinenses engatam uma sequência de vitórias, se isolando do rebaixamento. Já o Bahia caiu para décimo sétimo. Em Dortmund, o Criciúma voltou a dar alegrias para a sua torcida diante do Santos. O tigre fez ótima partida e deu pouco espaço aos santistas no ataque. Em dois escanteios bem cobrados por Lucca, Joílson e Rodrigo Souza fizeram 2 a 0 para o time em 6 minutos. Na segunda etapa, o próprio Lucca fez para o Criciúma e fechou o placar, 3 a 0, que não tira a equipe do Z-4. No clássico nordestino, o Vitória enfim honrou seu nome e venceu o Sport por 2 a 1, gols de Rithely, contra, e um belo gol anotado por Dinei. Diego Souza, ele mesmo, diminuiu para o Sport. No último 3 a 0 da rodada, o Atlético Paranaense não tomou conhecimento do Figueirense e venceu com dois gols de Dellatorre, o segundo um golaço inclusive, de fora da área e colocado. Bady fez o outro tento atleticano. 
Os gols da rodada você confere abaixo, no Gols da Zueira:






Até mais!

domingo, 12 de outubro de 2014

Colúnia Esportiva 51 - O Czar Hamilton



Salve Salve Nerds!


A Fórmula está de volta e pela primeira vez na Rússia, mais precisamente em Sochi. Sim, a cidade dos Jogos Olímpicos de Inverno tem uma pista rodeando o parque olímpico, que recebeu a décima sexta etapa do mundial. Na primeira parte da classificação, o Q1, a surpresa negativa foi Felipe Massa, que teve problemas na entrada de combustível no motor e o carro rendeu bem menos do que o esperado, deixando o brasileiro em décimo oitavo no grid. Junto com ele ficaram de fora Ericsson, Kobayashi, Chilton e Maldonado. Não houve nenhum substituto para o carro de Bianchi. Já no Q2, fora o domínio das Mercedes, ficou de fora Sebastian Vettel, que deixou para resolver de última hora a sua situação e não conseguiu fazer boa volta. Ficaram de fora também Hulkenberg, Perez, Gutierrez, Sutil e Grosjean. Já no Q3, Hamilton estava dominando, seguido por Rosberg, como naturalmente aconteceu na temporada. Porém, Bottas quase consegui quebrar a hegemonia da Mercedes, estava fazendo o melhor tempo, porém errou na última curva e acabou ficando em terceiro. Magnussen, Hulkenberg e Chilton perderam 5 posições no grid por trocarem o câmbio. Maldonado perdeu 5 posições por já ter utilizado o máximo de motores da temporada. 




Na largada, Rosberg passou Hamilton, porém precisou ceder posição ao companheiro de equipe por passar usando a parte de fora da pista. O alemão foi aos boxes na volta seguinte, pois sentiu vibrações em um dos pneus e achou melhor trocar. Felipe Massa, que lá do fundo do grid já havia ganho 4 posições, acabou também passando nos boxes. Ambos apostaram na troca de pneus para não parar até o final.  O top 5 do momento era Hamilton, Bottas, Button, Alonso e Vergne. Sem o companheiro Rosberg, Hamilton foi se isolando na ponta, enquanto Bottas também abriu para Button. Boa briga do sexto para trás, com Vettel sendo seguido por Kvyat, Raikkonen, Vergne e Ricciardo. Massa e Rosberg vinham rendendo bem e já estavam em décimo segundo e primeiro lugares. Rosberg, voando, chegou em Sergio Perez e passou, já Massa não conseguiu e sofreu atrás do mexicano. Alonso vinha rápido e tentava conseguir mais um pódio se ultrapassasse Button. 
Com as paradas dos líderes, Rosberg conseguiu chegar na briga pelo pódio e assumiu o terceiro posto. Massa, que poderia ter entrado na briga, acabou não conseguindo passar por Perez e teve a sua corrida toda prejudicada. Alonso, que estava brigando pelo pódio, teve seu pit stop prejudicado pela Ferrari, que se atrapalhou e fez o espanhol voltar atrás de Massa no décimo primeiro lugar. Após os reajustes de posições, Nico Rosberg ficou em terceiro atrás de Bottas, que não resistiu ao carro superior da Mercedes e acabou perdendo a segunda posição. Felipe Massa precisou ir aos boxes mais uma vez devido ao tempo perdido atrás de Perez, porém assim jogou fora as chances de melhores posições. 
Rosberg, mesmo com um pneu muito usado, 31 voltas, fez a melhor volta da prova. Na volta 33 o top 5 era Hamilton, Rosberg, Bottas, Button e Magnussen. Poucas brigas na pista, apenas Ricciardo querendo a sexta posição de Alonso. E sem emoção no final, com Bottas não conseguindo tirar a vantagem de Rosberg, terminou o primeiro GP da Rússia! Vence Lewis Hamilton, com a Mercedes garantindo o título de construtores! Hamilton vence pela nona vez no ano e abre 17 pontos para Rosberg. 


A F1 volta daqui 3 semanas em Austin, nos Estados Unidos, corrida que não deverá passar na Globo. Pedimos desculpas pelo relato não tão detalhado, pois tivemos problemas "técnicos" e o estagiário acompanhou apenas o final da prova ao vivo.


Até mais!

sábado, 11 de outubro de 2014

Gols da Semana




Salve Salve Nerds!



Sábado, jogo do Brasil contra a Argentina, mas estamos aqui para trazer os 10 gols mais bonitos da semana, selecionados pelos gajos da TV Golo. Desta vez, gols de todos os tipos e idades, digamos assim, portanto, sem mais delongas, confira abaixo:





Até mais!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Brasileirão 2014 - Rodada 27



Salve Salve Nerds!



Vigésima sétima rodada do campeonato e vamos caminhando para a reta final, os momentos decisivos. A rodada começou com o Botafogo, mais em crise do que nunca, perdendo para outro desesperado, o Palmeiras. O jogo foi equilibrado e aberto pela falta de qualidade técnica das equipes, mas o verdão foi o melhor e com o artilheiro do campeonato, Henrique, fez o gol e venceu essa partida de "6 pontos". No Morumbi, o São Paulo encarou o agora desesperado Atlético Paranaense. O furacão não foi bem fora de casa e pouco resistiu. Para completar, Maicon acertou belo chute e marcou um golaço de fora da área, final 1 a 0 para o tricolor. Já no Couto Pereira, outro confronto contra a degola, que o Coritiba tratou de vencer diante do Criciúma Dortmund. O tento único da partida foi anotado por Luccas Claro. Ambos os times permanecem na zona de rebaixamento.
Em jogo disputado, o Vitória abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo com Edno diante do Goiás. A equipe baiana ainda perdeu chance límpida com Vinícius e pagou caro pelo desperdício. Erik, aos 27 do segundo tempo, e Bruno Mineiro aos 29, empataram o jogo para o esmeraldino, mantendo o Vitória na zona de rebaixamento. Final 2 a 2. Na partida entre times no alto da tabela, o líder e desfalcado Cruzeiro recebeu o também desfalcado Corinthians. No primeiro tempo a partida foi bem ruim, mas na segunda parte o timão melhorou e contou com boa atuação de Renato Augusto, que distribuiu jogadas e levou o time para o ataque. Mas, quem marcou foi Luciano, que assim mantém a equipe na briga pelo G-4 e não deixa o Cruzeiro se isolar mais na ponta. Na sua arena, o Grêmio não jogou bem contra o Sport, mas venceu com dois gols relâmpago em dois minutos, marcados por Alan Ruiz e Dudu. 
No Orlando Scarpelli, o Figueirense recebeu o Flamengo. O mengão começou bem e abriu o placar com Eduardo da Silva. A equipe carioca começou a segurar o jogo e viu o empate do figueira na segunda etapa com Mazola. Na bacia das almas, aos 47 minutos, Nixon aproveitou a sobra de bola, a confusão total na área, e mandou pras redes, final 2 a 1. Na Vila Belmiro, Leandro Damião voltou de mais um jejum de gols e anotou o seu na vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, que não perdia haviam 4 jogos. Fazia um tempo que não tínhamos o jogo horrível, péssimo, de doer os olhos na rodada, mas Fluminense e Atlético Mineiro conseguiram ficar no zero a zero. Agora, falamos do jogo da rodada, a partida que entra para a história, o confronto que renova as esperanças no futebol, falamos de Chapecoense e Internacional. Na Arena Condá, o time da casa abateu o time colorado inspirado nos frigoríficos da região. Os catarinenses fizeram a sua partida dos sonhos, começaram dominando o terceiro colocado do campeonato e não deram folga, principalmente com Camilo, o destaque maior da equipe na armação de jogadas e responsável pelos lances mais perigosos. A equipe abriu o placar aos 35 minutos com Diones e 3 minutos depois ampliou com Leandro. Na segunda etapa, Leandro fez novamente aos 14 e Diones fez aos 31. Aos 42 minutos, pênalti duvidoso para a Chapecoense, e para agravar Dida foi expulso pela falta com o Inter tendo feito as 3 substituições. Então Rafael Moura foi para o gol e não evitou a conversão da penalidade de Camilo. Final 5 a 0, fora o show. 
Confira os gols da rodada no Gols da Zueira:




Até mais!

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Tá na Capa - FIFA



Salve Salve Nerds!

Já conversamos sobre a história do FIFA, jogo produzido pela EA Sports e que há 20 anos está no mercado. Como no post sobre o jogo não há muito espaço para as capas, trazemos agora todas as capas dos jogos desde 94 até a versão 2015. Confira abaixo um pouco da história das capas de todos os FIFA.

O primeiro FIFA, com uma capa não tão estilizada quanto atualmente

Capas bem simples


Bebeto, já caminhando mais para o final de sua carreira, porém capa de uma das edições do FIFA

Beckham, então revelação inglesa, capa de uma das várias produzidas no FIFA 98

Barthez, um dos destaques franceses em 98, capa da edição do ano seguinte

Nâo reconhece ele? É Pep Guardiola, treinador do Bayern de Munique e que atuou pela Espanha e Barcelona

Henry, capa do jogo por dois anos seguidos


Roberto Carlos, Giggs e Davids sérios na capa da edição de 2003

Del Piero, Henry novamente, e Ronaldinho Gaúcho

Capa com Vieira, Morientes e Shevchenko

Rooney e Ronaldinho

Os mesmos de novo

Pela terceira vez...

E quarta

Houveram várias capas para o jogo, em outra Rooney aparece, então quinta vez

Kaká e Reus em 2011

Dependendo da região onde foi vendido, o FIFA 12 teve uma capa diferente, mas Kaká e Rooney apareceram na maioria delas

Pela primeira vez, em 2013 (jogo lançado final de 2012), Messi apareceu na capa do FIFA

Ele de novo, praticamente uma guerra entre jogos, Messi no FIFA e Cristiano Ronaldo no PES



De 2013 para cá, Messi foi quem dominou as aparições no jogo, porém quem mais esteve na capa foi Wayne Rooney, 7 anos seguidos, de 2006 até 2012. Semana que vem teremos as capas do PES para você poder comparar e entender a briga para ter os melhores jogadores do mundo como garotos propagandas de seus jogos. 

Até mais!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...